ÚLTIMAS

FLORES | Governo sem soluções concretas para os principais problemas que afetam a ilha

672views

O Bloco de Esquerda considera que a visita oficial do Governo às Flores foi “uma mão cheia de nada” porque o executivo não conseguiu apresentar nenhuma solução concreta para os principais problemas da ilha: acesso à saúde e transportes aéreos os marítimos, disse a deputada Alexandra Manes, no balanço da visita oficial do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda à ilha das Flores.

Na Saúde, mantêm-se os problemas do acesso às consultas de especialidade e aos exames complementares de diagnóstico e nos transportes, além de continuar a haver uma oferta muito reduzida de lugares nas viagens aéreas, este Governo deixou as Flores sem ligações de transporte marítimo de passageiros.

“O fim da linha amarela é um grande desrespeito pelas Flores, que terá efeitos económicos negativos”, assinalou a deputada Alexandra Manes.

A deputada do Bloco de Esquerda mostrou-se muito preocupada com o anúncio, feito pelo secretário regional dos Transportes, de cortes na obra do porto das Lajes porque estava muita cara: “Não podemos permitir que existam cortes que prejudiquem a qualidade e operacionalidade do porto”.

Relativamente à obra do Porto das Poças, em Santa Cruz, o Bloco reivindica a melhoria das condições em “coisas básicas e simples de se fazer”, apontou Alexandra Manes: casas de banho, uma pequena gare para albergar os passageiros das viagens entre Flores e Corvo e condições para abastecimento das embarcações.

A deputada do Bloco de Esquerda alerta para o facto de, no final do ano, quase um terço dos projetos apoiados pelo Regime Jurídico de Apoio às Atividades Culturais ainda não receberam um cêntimo por parte da Direção Regional da Cultura. Associações e outras entidades que promovem atividades culturais viram, no ano de 2021, a sua programação comprometida, sendo que algumas delas tiveram de cancelar ou reprogramar atividades ao longo do ano. 

Em resposta a um requerimento do Bloco de Esquerda, o Governo Regional dá conta de que quase um terço dos projetos a quem foi concedido apoio em 2021, ainda não recebeu nenhuma prestação do apoio a atribuir.

Alexandra Manes destacou a importância da Cultura para o desenvolvimento social e económico e criticou o abandono a que este governo tem deixado o sector, que “tem sido sistematicamente confrontado com muito pouco investimento”.

A deputada lembra que a cultura foi altamente prejudicada durante a pandemia, e assinala que no pós-pandemia este Governo continua a dificultar a vida a quem vive da Cultura.

BE/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.