DIÁSPORA

EUA | Sete Condados da Califórnia homenageiam a nossa Diáspora

784views

A Coligação Luso-Americana da Califórnia (CPAC) composta por 11 diretores, dez dos quais com ligações aos Açores, e uma representante do brasil com ligações a Portugal, lançou uma campanha para conseguir que vários condados da Califórnia, particularmente os que têm uma forte presença de emigrantes e seus descendentes dos Açores, a fim dos mesmos promoverem uma resolução enaltecendo o trabalho da nossa Diáspora nos seus respetivos condados, no mês em Junho, que é conhecido como o mês da herança portuguesa, e já em 2021, uma referência não só ao dia de Portugal, mas também ao dia dos Açores.  

Dos 58 condados da Califórnia, a CPAC conseguiu que 7 condados tivessem uma proclamação homenageando a nossa Diáspora, seis destes no histórico Vale de San Joaquín, onde a nossa presença é sentida, particularmente na agricultura e na pecuária, mas também cada vez mais no ensino e nas artes. Os seis condados que decidiram homenagear a nossa Diáspora foram Tulare, Kings, Fresno, Madera Merced e Stanislaus, condados que na sua totalidade, segundo os números oficiais americanos, têm uma população de origem portuguesa, que oscila os 100 mil habitantes, mais de 90% com raízes nos Açores.  São nestes condados que se realizam algumas das nossas maiores festividades, como por exemplo a Festa de Nossa Senhora dos Milagres em Gustine, a festa de Nossa Senhora do Rosário em Hilmar e onde ocorrem mais de 30 festas do Divino Espírito Santo, todas elas centenários ou à beira do centenário.  É também nesta região que existe a mais antiga geminação portuguesa com uma cidade americana: Angra do Heroísmo com Tulare.  

É ainda nestes condados onde existem uma amalgama de açor-descendentes eleitos como supervisores nos seus respetivos condados.  No condado de Merced, três dos cinco supervisores são de origem açoriana, com raízes na Terceira, São Jorge, Pico e Flores, respetivamente Lloyd Parreira, Scott Silveira e Josh Pedrozo.  No condado de Fresno Ernest Mendes e Brian Pacheco têm raízes na ilha Terceira e no condado de Kings, Joe Neves e Richard Fagundes também com raízes no grupo central do arquipélago. No condado de Tulare, Larry Melo Micari, tem raízes maternas na ilha Terceira.  Dos 166 eleitos de origem portuguesa na Califórnia, 96% com raízes nos Açores, mais de metade foram eleitos para cargos de locais, regionais e nacionais nestes seis condados da Califórnia, incluindo 3 dos 4 congressistas de origem açoriana no congresso que representam a Califórnia.

Para Diniz Borges, presidente da direção desta coligação, esta manifestação destes seis condados do Vale de São Joaquim e do condado de Marin no norte da Califórnia, a norte de São Francisco, assim como as cidades de Livermore e Modesto, são: “o reconhecimento da vitalidade da nossa Diáspora no mundo californiano, dos nossos contributos e do valor dado aos Açores e a Portugal, por motivos da sua emigração e dos seus descendentes.” Acrescentando: “podemos usar todos os slogans possíveis e imaginários, frases feitas e refeitas, mas a realidade é que, na maioria dos condados deste estado Portugal é conhecido pelos contributos da nossa diáspora, do que o poeta Pedro da Silveira escreveu há mais de 70 anos – Por essa terra que não era tua / deste generoso o teu sangue./E deste-lhe, ó semente de mundos, / os teus filhos.”  

A Califórnia Portuguese-American Coalition (CPAC)  tem por objetivo unir os eleitos e líderes cívicos luso-americanos, com uma forte presença açoriana,  para facilitar uma colaboração mais forte na promoção dos interesses da nossa comunidade neste colossal estado da união americana, criando pontes com Portugal e as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, estando neste momento a trabalhar na criação do grupo: Friends of the Azores, para defender os interesses da região e criar novos laços entre o estado Califórnia e o arquipélago, que através de uma resolução de 2002, apresentada pelo então Senador estadual agora Congressista Jim Costa, estabeleceu uma geminação entre a Região e este estado onde ainda reside a maior comunidade açoriana no mundo, com mais açor-descendentes do que residentes no arquipélago.  

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.