DIÁSPORA

CALIFÓRNIA | Alunos de cursos de português visitam universidade

415views

Mais de 200 alunos de quatro escolas secundárias do centro/sul do Vale de São Joaquim estiveram na universidade estadual da Califórnia em Fresno.  Destes alunos, cerca de 175 vieram das escolas secundárias de Tulare, cidade irmã de Angra do Heroísmo que ainda tem um dos programas mais dinâmicos do ensino da língua e cultura portuguesas na Califórnia com mais de 360 alunos.  Também presentes alunos da escola secundária Sierra Pacific High School em Hanford, do clube português, onde se espera em breve ter também o ensino da língua portuguesa.  Algo que já poderia ter acontecido, tivéssemos nos uma outra dinâmica e e outra postura perante o ensino da língua portuguesa no ensino integrado na Califórnia. 

Apesar de um dos dias mais chuvosos na cidade de Fresno, neste ano de 2023, e um dos mais chuvosos nos últimos anos, os alunos conseguiram muitas informações sobre a universidade, sobre a presença portuguesa nesta universidade, assim como elementos da nossa cultura, dando espaço para atividades lúdicas com cânticos e danças tradicionais. 

As boas-vindas foram dadas pela dinâmica diretora da Faculdade de Artes e Humanidades, a maior faculdade nesta universidade.  Honora Chapman, tem raízes nesta zona para onde a sua família emigrou da Irlanda e da Inglaterra, em 1860, precisamente quando muitos emigrantes dos Açores começaram a emigrar para este Vale.  Depois de se doutorar em Stanford, voltou a casa e aqui tem tido uma carreira brilhante.  Com uma alocução empolgante foi constantemente aplaudida pelos alunos.  Foram ainda oradores do programa informático Ashley Fagundes que é conselheira académica na universidade e o aluno Justin DoCanto, que deu alguns testemunhos como é a vida nesta universidade, a maior do Vale de São Joaquim, com 25 mil alunos. 

Houve um programa cultural baseado no cântico e nas danças tradicionais do cancioneiro popular açoriano.

Para Diniz Borges, diretor-fundador do Portuguese Beyond Borders Institute (PBBI), estas visitas que ocorreram durante alguns congressos da Luso-America Education Foundation, e mais tarde sob os auspícios do PBBI, suspensas durante dois anos por motivos da pandemia são muito importantes para motivar cada vez mais os alunos a frequentarem a universidade e a continuarem com os seus estudos portugueses. 

Os alunos foram acompanhados pelos professores de português Clemente Fagundes e Bruna Correia, pelos professores de espanhol Edgar Cervantes e Adam Jameson (que também está credenciado para ensinar a língua portuguesa) e por Nancy Cardoso, professora de matemática e Vivian Santos, fadista da nossa comunidade que é professora de cântico e música. 

Para Diniz Borges, estas visitas de alunos que estudam a língua portuguesa constituem sempre momentos de muito júbilo porque não são possíveis em outras línguas.  O professor e diretor do PBBI, lamenta que não haja apoios de Portugal para este tipo de eventos.  Este evento só foi possível graças aos apoios dos distritos escolares, dos clubes de alunos destas escolas, da presidência da universidade que apoiou toda a logística e facultou os espaços na universidade e a boa vontade do PBBI e dos professores citados.

Fundada em 1911, este é um dos 23 polos do sistema CSU (California State University System) o maior sistema universitário nos Estados Unidos.  Conhecida como Fresno State, esta universidade está localizada na cidade de Fresno a quinta maior cidade da Califórnia com mais de 500 mil habitantes, e a décima cidade mais multicultural dos Estados Unidos.  Com 25 mil alunos e mais de dois mil e quinhentos funcionários, em 2022, seis mil estudantes concluíram as suas licenciaturas, mestrados e doutoramentos. Localizada num campus com uma área de 388 acres, a faculdade de ciências agrárias possui cerca de mil e cem acres utilizados para laboratório em que os alunos podem aprender e investigar. 

Mais de 70% dos estudantes ao terminarem os seus estudos ficam nesta zona do Vale de San Joaquim, transformando esta zona e mais de 60% são os primeiros na sua família a frequentarem um curso universitário.

Com o PBBI e todo o programa cultural, acompanhando com os cursos de língua e cultura portuguesas, esta universidade, a única cujo presidente é doutorado em português e espanhol, tem todas as possibilidades de continuar a ser um centro importante para a nossa diáspora e a ligação Açores-Califórnia. 

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.