LOCAL

ATUALIDADE | Paulo Silveira condena “cinismo político” do PS sobre apoios à economia de São Jorge

396views

O deputado do PSD/Açores Paulo Silveira condenou hoje o “cinismo político” do PS sobre os apoios à economia de São Jorge, considerando “profundamente hipócrita” que os socialistas, após chumbarem na Assembleia da República a proposta de isenção de contribuições para a Segurança Social, critiquem agora o Governo Regional.

“O Partido Socialista é o único responsável pelo chumbo, na Assembleia da República, da proposta do PSD de isenção do pagamento de contribuições para a Segurança Social por parte das empresas e trabalhadores independentes sedeados em São Jorge. Esta seria, de longe, a medida mais relevante para apoiar a economia da ilha. Vir agora criticar o Governo dos Açores não passa de um ato de cinismo político e de uma tentativa de disfarçar o indisfarçável”, afirmou.

Paulo Silveira, que falava após as críticas feitas no encerramento das jornadas parlamentares socialistas na ilha de São Jorge, salientou que o chumbo daquela iniciativa legislativa “é revelador de uma profunda indiferença do PS em relação a São Jorge”.

“A isenção do pagamento de contribuições para a Segurança Social, da exclusiva responsabilidade da República, foi uma medida proposta pelo Conselho de Ilha de São Jorge para mitigar as consequências da crise sismo-vulcânica. Seria uma medida fundamental, dado que os maiores encargos não salariais que oneram as empresas são precisamente as contribuições para a Segurança Social. O PS não quis saber e votou contra”, frisou.

O deputado do PSD/Açores lamentou igualmente as críticas “absurdas” do Partido Socialista ao Governo Regional sobre a produção de leite na ilha de São Jorge.

“Estas críticas, no mínimo absurdas, revelam falta de memória. Foi o Partido Socialista que, durante anos, adotou o rateio nos apoios à fileira do leite, que muito penalizaram os produtores jorgenses”, recordou.

Segundo o parlamentar social-democrata, “foi o atual Governo dos Açores que acabou com o rateio dos apoios, o que possibilitou, em 2022, um apoio de 207 mil euros ao setor”.

“O trabalho do Governo da Coligação permitiu que o preço do leite pago ao produtor aumentasse. O PS devia pedir desculpa aos produtores da ilha de São Jorge, pois aquilo que os governos socialistas prometiam não era o que pagavam”, sublinhou.

Paulo Silveira destacou ainda o “silêncio” dos deputados socialistas sobre o reforço de ligações aéreas e marítimas a São Jorge, levado a cabo pelo atual Governo Regional.

“Este verão vai verificar-se um salto extraordinário em termos de mobilidade para os jorgenses. Nunca a ilha esteve tão bem servida no que toca aos transportes marítimos e aéreos. O Partido Socialista é incapaz de reconhecer isso, pois prefere criticar por criticar, em vez de contribuir para o futuro de São Jorge.

PSD/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.