REGIONAL

ATUALIDADE | Faial. Este Governo tem de começar a mostrar serviço ou “ponha-se na rua”

155views

O deputado José Pacheco visitou hoje a Queijaria O Morro, no Faial, que labora diariamente cerca de dois mil litros de leite – que transforma em queijo fresco e em queijo curado – mas que pretende aumentar para cerca do dobro o espaço e capacidade de laboração. A empresa, propriedade dos irmãos Rui e Nuno Caldeira, abriu portas há 11 anos e vê-se agora a braços com a necessidade de aumentar o espaço para ter mais produção e, consequentemente, mais postos de trabalho e maior volume de vendas. A questão é que o projecto já obteve o devido licenciamento por parte da Câmara Municipal da Horta, mas está há cerca de oito meses parado na Secretaria Regional da Agricultura sem qualquer resposta aos empresários.

Perante este facto, o deputado José Pacheco referiu que “esta não é a nossa visão. A nossa visão é que o motor da nossa economia são os empresários. O motor da nossa economia não é o cooperativismo, nem pôr dinheiro em negócios falidos cujos gestores são dos partidos políticos do sistema”. Neste sentido, o CHEGA pede consequências destes atrasos nos projectos “que cumprem todos os requisitos, mas que não têm sequer resposta” da Secretaria Regional da Agricultura. “Alguém tem de ir para a rua. E não é apenas este projecto que não tem resposta. Temos queixas em todas as ilhas de projectos que estão parados por todos os Açores”.

Em visita oficial ao Pico e Faial, o deputado José Pacheco deixou, por isso, um recado ao Governo Regional: “ou resolve estas situações ou ponha-se na rua”, explicou ao acrescentar que este novo Governo “veio para dar novas respostas e não veio para manter aquilo que tínhamos no passado”.

O CHEGA vai enviar um requerimento ao Governo Regional perante este atraso na aprovação do projecto da Queijaria O Morro. “Uma empresa que é um exemplo – e não é de agora – de uma pequena produção que quer crescer e ser uma produção de iniciativa privada, que dá emprego, que gera riqueza e que tem um produto de grande qualidade no mercado. É disso que precisamos”, explicou o deputado.

José Pacheco acredita que o futuro dos Açores está nas pequenas e médias unidades de fabrico “que vão ser a salvação desta terra. Já percebemos que quando tentamos trabalhar na economia de escala corre mesmo muito mal e quem paga é o contribuinte”, concluiu.

O deputado do CHEGA está em visita oficial às ilhas do Pico e Faial, e para amanhã está agendada uma reunião com o Espaço Talassa, Lda, pelas 11 horas, estando também confirmada a Reunião com a Administração do Centro Saúde das Lajes do Pico e visita ao Centro Saúde das Lajes do Pico, pelas 14h30. Também amanhã, pelas 16h00, está agendada uma reunião com António Simas Santos, na Aldeia da Fonte Hotel.

Na Quinta-feira, dia 11 de Agosto, está agendada uma reunião – pelas 11h30 – com o Conselho de Administração da Cooperativa Vitivinícola Da Ilha Do Pico (CVIP) – Picowines, C.R.L.

CHEGA/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.