ÚLTIMAS

ATUALIDADE | Europa. Paulo Moniz defende política comum de controlo fronteiriço

597views

O deputado à Assembleia da República Paulo Moniz defendeu esta segunda-feira a criação “de uma política comum de defesa de fronteiras, terrestre, marítima e digital”, dando como exemplo as ilhas das Flores e Corvo, “que sendo as mais ocidentais da Europa que não possuem controlo fronteiriço”, avançou.

O social-democrata frisou que “os Açores ainda são um paraíso no meio do Atlântico”, sendo que “Flores e Corvo são as paragens mais ocidentais da Europa”, devendo o governo português e a União Europeia “preencher essa lacuna, para a qual já alertamos, e que significa a ausência de qualquer vistoria aos barcos que ali chegam”, afirmou.

Paulo Moniz falava numa sessão da Conferência Interparlamentar para as Alterações Migratórias, no Senado Francês, organizada no âmbito da presidência francesa do Conselho da Europa, onde esteve em representação do grupo parlamentar do PSD na Assembleia da República.

O deputado açoriano alertou igualmente para a necessidade “de uma política comum europeia na defesa das fronteiras digitais, que estão a ser ameaçadas, como tem mostrado o desenrolar da guerra entre a Rússia e a Ucrânia”, avançou.

“Estamos a falar de ameaças que são reais, embora silenciosas e diferentes das ditas tradicionais, mas que existem e podem causar danos profundos e irrecuperáveis a longo prazo”, disse.

Para Paulo Moniz, “trata-se mesmo de proteger a democracia e os nossos valores”, acautelando os intentos europeus “para uma economia autónoma e soberana”, como já anteriormente frisou numa das Conferências sobre o Futuro da Europa.

O deputado açoriano considera que “uma transformação digital ética e segura é essencial para termos uma Europa mais forte a vários níveis. É uma questão que deve estar no centro das discussões e tida em importante conta”, disse.

Paulo Moniz também destacou o facto de o Presidente da República Francesa, Emmanuel Macron, “ter dado prioridade à revisão do sistema Schengen, que consideramos completamente oportuna”, frisou, recordando que, “durante a crise pandémica, houve respostas dos diferentes países, quanto às suas fronteiras, que não foram uniformes”.

“Não foi estabelecida uma política comum a esse nível, e esse é também um grande desafio para esta nova Europa”, concluiu.

PSD/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.