ÚLTIMAS

ATUALIDADE | Chega quer aumentar quotas de pesca e mais fiscalização no mar dos Açores

321views

José Pacheco, candidato do CHEGA que integra a lista do partido pelos Açores às próximas eleições europeias, tem como missão a defesa dos pescadores Açorianos em Bruxelas e garante que o aumento das quotas de pesca é o principal desafio com que se vai debater quando for eleito.

Esta manhã no porto de pescas de Vila Franca do Campo, onde recebeu várias denúncias de pescadores, José Pacheco explicou que “estamos a ser roubados no nosso mar, todo o atum que estamos impedidos de apanhar – devido às más negociações que Portugal sempre fez das quotas do atum – está a ser apanhado pelos espanhóis, pelos chineses e por pescadores de outras nacionalidades”. Os homens do mar denunciaram também que “os pescadores espanhóis estão a entrar nos nossos limites. Há défice de fiscalização”, lembrou José Pacheco que entende que não são as autoridades quem devem ser responsabilizadas por esta falta de fiscalização, “mas sim o sistema, que não dá meios às autoridades e aos pescadores para conseguirem sobreviver”.

Neste sentido, reforçou o candidato do CHEGA, a primeira medida a tomar quando for eleito será aumentar as quotas de pescas para os Açores – que têm sido mal negociadas pelo Estado-Membro, Portugal – para que os pescadores dos Açores mantenham a sua actividade.

Depois, há que reivindicar uma fiscalização efectiva da zona marítima dos Açores. “Tem de haver fiscalização, porque se tivemos a denúncia que os espanhóis estão a entrar em zonas onde não podem pescar, é porque algo não está a funcionar e precisamos de mais meios. Não podemos exigir tudo aos pescadores Açorianos e aos outros não se exige nada”, reclamou José Pacheco.

A terceira medida que pretende reivindicar em Bruxelas é que os apoios “venham com rigor para as mãos das pessoas certas” e os pescadores Açorianos possam usufruir de apoios comuns de toda a Europa para melhorar a sua actividade.

José Pacheco fez questão também de falar sobre o aumento de reservas marinhas que o Governo Regional pretende implementar na Região, reforçando que não se podem excluir os pescadores destas zonas protegidas. “Por exemplo, ainda hoje tivemos denúncias que a petinga já não se pode apanhar em São Miguel porque está numa zona de reserva. Um local onde historicamente sempre se apanhou petinga. Eu sou a favor de reservas, mão não posso concordar com isso. Precisamos de criar um equilíbrio entre o meio ambiente e os pescadores e nunca acabar com a pesca a favor do meio ambiente”, reforçou o candidato do CHEGA pelos Açores, que integra a lista encabeçada por António Tânger Correia às próximas eleições europeias de 9 de Junho.

CHEGA/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.