ÚLTIMAS

ATUALIDADE | Chega defende encerramento gradual das grandes superfícies comerciais aos domingos e feriados

493views

É uma proposta que o CHEGA Açores pretende apresentar em breve e, por isso, começa já a auscultar alguns parceiros no sentido de perceber a viabilidade de encerrar aos fins-de-semana as grandes superfícies comerciais. O objectivo desta proposta, explica o deputado José Pacheco, visa a protecção da família e a dignidade do ser humano, permitindo que os horários e dias de trabalho possam restaurar o tempo de qualidade com a família.

O parlamentar falava no final de uma reunião com o Sindicato dos Trabalhadores de Indústrias Transformadoras, Alimentação, Bebidas e Similares, Comércio, Escritórios e Serviços, Hotelaria e Turismo dos Açores – SITACEHT/Açores, em Angra do Heroísmo, onde apresentou a proposta de encerramento das grandes superfícies comerciais aos fins-de-semana e feriados. “Ficámos satisfeitos que esta proposta coincide com as posições que o Sindicato também propõe”, afirmou o deputado do CHEGA que acrescenta que numa fase inicial – para que as pessoas se habituem a esta alteração – “propomos que aos feriados e aos Domingos, possamos ter os estabelecimentos abertos apenas durante a manhã”.

No entender do CHEGA, que hoje assinala o segundo dia da visita oficial à ilha Terceira, esta proposta também defende o pequeno comércio “que não tem forma de entrar em concorrência leal com as grandes superfícies”. E, por isso, José Pacheco falou em justiça e equilíbrio, quer para as famílias, quer para os empresários. “O nosso foco neste momento é a protecção da família. Queremos dizer aos trabalhadores do comércio que podem ter tempo de qualidade com a família, ter um passatempo ou praticar desporto, ao mesmo tempo que combatemos o consumismo exacerbado que se implementou na nossa sociedade e que não tem trazido qualquer benefício”, disse.

José Pacheco não esquece “os pequenos empresários, que sabem trabalhar e cuidar dos seus colaboradores, mas não podemos saudar aqueles que utilizam os trabalhadores como se vivêssemos uma escravidão em tempo moderno. Não é aceitável”, referiu o parlamentar.

O CHEGA vai agora propor e ouvir outros parceiros ligados ao sector do comércio, mas José Pacheco mostra-se “firme e convicto que estamos no caminho correcto, de devolver aos açorianos o tempo da qualidade e o tempo da família”, concluiu.

Neste segundo dia da visita oficial à ilha Terceira, o CHEGA vai ainda reunir com pescadores, no Porto de São Mateus, pelas 15 horas.

CHEGA/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.