ÚLTIMAS

ATUALIDADE | Chega alerta que administração pública tem vindo a perder capacidade formativa

255views

O CHEGA esteve hoje reunido com o SINTAP-Açores, na ilha Terceira no âmbito da campanha eleitoral, com quem assumiu o compromisso de reflectir sobre as reivindicações daquele sindicato, enviadas numa carta aberta a todos os partidos políticos que concorrem às eleições legislativas regionais de 4 de Fevereiro. O líder regional do CHEGA, e cabeça-de-lista por São Miguel e pela compensação, José Pacheco, garantiu estar aberto ao diálogo com qualquer sindicato – independentemente da filiação política – para que se consiga dar resposta às reivindicações que ajudem a melhorar a vida dos trabalhadores de cada sector.

“Eu, José Pacheco, enquanto Presidente do CHEGA e único deputado, não me posso comprometer já, porque daqui a dias vamos eleger um grande grupo parlamentar. Aí sim, estas questões serão colocadas em cima da mesa, discutidas, e poderemos assumir algum compromisso”, referiu.

No entanto, José Pacheco reforçou o respeito por todos os funcionários da administração pública, alertando para a necessidade de a administração pública ser gerida “como gerimos as boas empresas e, neste momento, há sectores em que temos muita dificuldade em perceber a gestão, de recursos humanos até”.

Acompanhado pelo cabeça-de-lista do CHEGA pela Terceira, Francisco Lima, e por vários elementos das listas do CHEGA aos vários círculos eleitorais, José Pacheco lamentou que a administração pública esteja, há anos, a perder a sua capacidade de formação. “Isto é grave. A própria tecnologia vai avançando e as pessoas têm de ter formação para lidar com estes avanços, penso que é fundamental”, denunciou.

Durante a reunião com o SINTAP, falou-se também de programas ocupacionais, “que felizmente vão acabando, porque estavam a resolver problemas que são permanentes e estavam a resolver da pior forma”, ao não darem dignidade a quem deles dependia. “O CHEGA deu um forte contributo na Região para isso. O bater o pé, o fiscalizar, o exigir, às vezes há quem não perceba, mas o nosso papel é fundamental para se acabar com isto, com estas pessoas que têm programas atrás de programas sem um vínculo permanente para as funções permanentes que fazem. Isto tem de acabar”, destacou.

CHEGA/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.