REGIONAL

ATUALIDADE | Bloco considera que os recorrentes atrasos no transporte de carga para as Flores não são aceitáveis

198views

O Bloco de Esquerda considera que os recorrentes atrasos no transporte marítimo de mercadorias para a ilha das Flores não são aceitáveis e quer garantias do Governo de que os atrasos que não sejam provocados exclusivamente devido a condições meteorológicas adversas não se voltam a repetir.

O contrato para o transporte marítimo regular de mercadorias para a ilha das Flores estabelece o mínimo de uma viagem a cada período de 15 dias, no entanto, o incumprimento deste prazo tem sido recorrente, o que prejudica os empresários, os habitantes e os visitantes da ilha das Flores, provocando dificuldades no acesso a determinados produtos, principalmente ao nível dos alimentos perecíveis com prazos de validade mais curtos.

Num requerimento enviado hoje ao Governo Regional, o Bloco de Esquerda solicitou o envio de uma listagem de todos os atrasos verificados desde o início do ano e a documentação que comprove os motivos alegados pela empresa operadora para cada um destes atrasos.

Além do atraso na chegada das mercadorias, os empresários das Flores têm dado nota da receção de produtos alimentares já sem condições para consumo, o que leva a perdas financeiras e provoca desperdício alimentar.

Neste sentido, o Bloco de Esquerda solicita os dados relativos ao valor total da mercadoria reportada como danificada, caso o governo tenha acesso.

Esta situação levanta uma série de constrangimentos aos comerciantes, bem como à população residente na ilha das Flores que, ao contrário das restantes ilhas, tem mais dificuldade em aceder a produtos alimentares, em condições, como fruta e iogurtes.

Este problema torna-se ainda mais preocupante no verão, porque, devido ao turismo, o número de pessoas nas Flores aumenta significativamente, o que faz aumentar o consumo, quer nos supermercados, quer na restauração.

O Bloco de Esquerda pergunta ainda ao Governo se tem a intenção de alterar a periodicidade da ida do navio de abastecimento à ilha das Flores.

BE/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.