ÚLTIMAS

ATUALIDADE | Apicultores açorianos prejudicados por “intransigência” do Partido Socialista.

557views

O líder parlamentar do PSD/Açores, João Bruto da Costa, afirmou hoje que o setor da apicultura regional foi prejudicado pela “intransigência” do Partido Socialista, que inviabilizou a aprovação de uma proposta que garantia o acesso dos apicultores ao gasóleo agrícola.

“Cerca de 500 apicultores açorianos vão ser prejudicados pela intransigência do Partido Socialista em não querer aceitar que esta proposta pudesse ser aprovada, nem sequer propor melhorias diploma”, afirmou João Bruto da Costa, na Assembleia Legislativa dos Açores.

O líder da bancada social-democrata falava no final de um debate sobre um projeto de decreto legislativo regional, da autoria dos grupos parlamentares do PSD, CDS-PP e PPM, que, a ser aprovado, alargaria à apicultura o acesso ao gasóleo agrícola.

“O Partido Socialista sacrificou o trabalho de 500 apicultores só por pensar que assim criaria dificuldades a este Governo Regional e aos partidos que o suportam. Para o PSD/Açores é mais importante apoiar a nossa agricultura do que o aproveitamento político de algumas conjunturas momentâneas para causar dificuldades”, disse João Bruto da Costa.

Já o deputado social-democrata Bruno Belo lamentou que a “esquerda parlamentar esteja contra os apicultores açorianos”, lembrando que “a apicultura, cujo desempenho é fundamental para o sucesso de outras atividades do setor primário, nomeadamente a horticultura e a fruticultura, deveria também ver consagrado o acesso dos seus produtores ao gasóleo agrícola”.

“Na mesma medida, justificava-se também o alargamento do âmbito deste incentivo aos prestadores de serviços aos agricultores em tarefas como a inseminação artificial, vacinação de animais, podologia, apoio técnico na área da qualidade do leite, controlo no desempenho em bovinos de carne ou apoios veterinários”, afirmou Bruno Belo.

PSD/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.