AGENDA

ATUALIDADE | Agenda. Fórum Artes e Ofícios promove reflexão sobre benefícios da centralidade do Artesanato nas atividades culturais e económicas

323views

A Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, através do Centro de Artesanato e Design dos Açores (CADA), promove o Fórum Artes Ofícios – Pensar o Fazer, que decorrerá nos dias 2 e 3 de junho, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada.

Os benefícios da centralidade do saber-fazer artesanal nas atividades culturais e económicas é o mote para a reflexão e debate com convidados nacionais e internacionais, entre os quais Martín Azúa (Espanha), Renato Imbroisi (Brasil), Guida Fonseca (Portugal), Helena Loermans (Portugal) e Josiane Masson da Artesol (Brasil), a partir de um panorama vasto e interdisciplinar de experiências em torno do artesanato que vão da Investigação e Educação ao Turismo.

O Fórum Artes e Ofícios tem a curadoria de Álbio Nascimento e Kathi Stertzig, para quem os Açores “têm um dos mais organizados e completos recenseamentos de artesãos e Unidades Produtivas Artesanais (UPAs) do território nacional, com uma organização governamental exclusivamente dedicada a apoiar e dinamizar o sector” o que, sublinham, constitui uma das “condições ideais para realizar um encontro de partilha e debate”.

Este evento será aberto ao público, nomeadamente a artesãs e artesãos, designers e agentes das indústrias criativas, profissionais e investigadores ligados ao setor das artes e ofícios e da moda e entidades, instituições e técnicos das áreas da cultura, do património e do turismo.

O Fórum Artes e Ofícios decorre no âmbito da 1.ª edição do Hands on Azores, projeto desenvolvido através do CADA para contribuir para a promoção e melhoria da capacidade exportadora e de comercialização das empresas do setor artesanal da Região.

As inscrições decorrem até dia 28 de maio através de formulário online.

O programa e restante informação podem ser consultados em artesanato.azores.gov.pt, em handsonazores.pt e nas redes sociais do CADA (@cadartesanato) e do Hands On Azores (@handsonazores).

Também âmbito do Hands on Azores, decorreu de 16 a 25 de abril a Missão Empresarial, coordenada pela designer Joana Duarte, criadora da marca portuguesa Béhen.

Através desta Missão, as marcas Colville (Itália), Shrimps (Reino Unido) e Casa MariCruz (Espanha) ficaram a conhecer as técnicas ancestrais e os produtos de Unidades Produtivas Artesanais (UPA) com produtos certificados pela marca Artesanato dos Açores, tendo desenvolvido um trabalho mais próximo com a Cooperativa de Artesanato Senhora da Encarnação da Ribeira do Nabo (São Jorge), a Fábrica de Bordados de João Pereira e Filhos (Terceira) e a Casa de Trabalho de Nordeste (São Miguel).

Gerar o diálogo sobre questões estruturantes e transversais a todas as artes e ofícios tradicionais e uma reflexão profunda sobre propostas sustentáveis para dar continuidade a este bem-comum é um dos principais objetivos do Hands on Azores, promovido através do CADA, enquanto serviço executivo do Governo dos Açores responsável pela implementação das políticas regionais para o desenvolvimento e valorização do Artesanato dos Açores.

Hands on Azores desenvolve-se no contexto do Modamac, projeto cofinanciado pelo FEDER no âmbito do programa INTERREG MAC 2014-2020 da Comissão Europeia.

GRA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.