ÚLTIMAS

ANGRA DO HEROÍSMO | Prisão preventiva para suspeito de violência doméstica

526views

A Divisão Policial de Angra do Heroísmo, através dos polícias da Esquadra Policial de Angra do Heroísmo, no passado dia 15 de janeiro, procedeu à detenção de um homem, de 41 anos, pela presumível prática do crime de Violência Doméstica contra a sua progenitora, de 80 anos.

A detenção ocorreu no seguimento de um pedido de comunicação via Centro de Comando e Controlo, com a notícia de desavenças familiares. Já no local, os polícias da Esquadra de Angra do Heroísmo, vislumbraram a vítima à janela da sua residência, em enorme estado de nervosismo e a pedir auxílio à Polícia, tendo informado aos polícias que tem sido alvo de vários episódios de violência cometidos pelo seu filho (o suspeito).

Já no interior da residência o suspeito começou a proferir diversas expressões ameaçadoras e agressivas contra a Policia, barricando-se na cozinha munido com um martelo, ameaçando os polícias.

No decurso da intervenção policial foi dado ordens pelos polícias ao suspeito para largar o martelo, tendo o homem se recusado a acatar as mesmas. Após alguma resistência acabou por ser algemado e detido em flagrante delito.

Constatou-se ainda que a vítima, de 80 anos, vivia num quadro de especial censurabilidade por se tratar de pessoa especialmente fragilizada, não só pela sua idade avançada, mas sobretudo pelos seus graves problemas de saúde, e por viver em condições indignas, no piso superior da sua residência e sem acesso ao piso inferior, ocupado pelo suspeito, uma vez que o mesmo havia obstruído a saída com mobília e evitava qualquer contacto com a sua mãe.

O detido após ter sido presente perante a Autoridade Judiciária competente foi-lhe aplicado a medida de coação mais gravosa – prisão preventiva.

CR/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.