ÚLTIMAS

ANGRA DO HEROÍSMO | Inauguração do Moinho do Beco das Alcaçarias

518views

O Moinho do Beco das Alcaçarias – de construção inicial da segunda metade do século XVII, que sofreu uma importante remodelação arquitetónica e funcional no último quartel do século XIX, e foi desativado em 1977 – oferece um dos mais válidos testemunhos da riqueza e da diversidade cultural, social e arquitetónica do concelho de Angra do Heroísmo.

Este testemunho de épocas passadas tem importância vital, no lugar e na população, que nele encontra a expressão da sua cultura e, ao mesmo tempo, um dos fundamentos da sua identidade.

Em Angra do Heroísmo as antigas estruturas moagueiras mantêm ainda, no pensamento e na vida dos angrenses, sinais expressivos, que tendem, no entanto, a esbater-se com o tempo.

Neste contexto, tornou-se imperiosa a recuperação do Moinho do Beco das Alcaçarias, que foi alicerçado num sólido conhecimento do mesmo, para que se pudesse respeitar a sua autenticidade e acautelar a sua preservação para as gerações vindouras, atribuindo-se um uso estável e adequado.

A abertura ao público desta antiga moenda permitirá compreender o seu papel, bem como o da Ribeira dos Moinhos que foram determinantes para a constituição e desenvolvimento da cidade de Angra.  Assim, o moinho do Beco das Alcaçarias cria condições para, junto dos diferentes públicos, contextualizar historicamente os edifícios e a atividade que os mesmo representam, valorizar os princípios técnicos e tecnológicos utilizados e valorizar o trabalho e o saber fazer do moleiro.

O Moinho do Beco das Alcaçarias visa projetar-se como organismo privilegiado na comunicação e importância do significado da herança histórica e patrimonial local, tornando-se uma via para a transmissão de informação e conhecimento da importância dos moinhos e da Ribeira dos Moinhos.

 O Moinho do Beco das Alcaçarias foi destruído pelo Terramoto de 1 de janeiro de 1980, passando a integrar o circuito de visitação do Jardim Duque da Terceira. Este é mais um exemplo do esforço que o Município de Angra do Heroísmo tem vindo a realizar na preservação, manutenção e restauro do edificado.

CMAH/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.