ÚLTIMAS

AÇORES | “Dívida recorde às Farmácias reflete gestão ruinosa do Governo de Bolieiro”

291views

O deputado do grupo parlamentar do Partido Socialista dos Açores, Tiago Lopes, realçou esta sexta-feira que a “dívida recorde do Governo Regional PSD/CDS/PPM à Associação Nacional de Farmácias é um reflexo da gestão ruinosa do Governo de Bolieiro, nos últimos três anos”, defendendo que é “imperativo parar com esta má gestão”.

Tiago Lopes sublinhou que esta situação agora conhecida “vem ao encontro das preocupações, dos alertas e das questões colocadas ao longo dos últimos meses pelo Partido Socialista” e alertou que “o incumprimento reiterado dos pagamentos por parte do Governo pode levar à interrupção do fornecimento de medicamentos aos Açorianos”, o que “representaria um grave retrocesso nos cuidados de saúde na Região”.

“Em outubro, no plenário do Parlamento dos Açores, questionámos diretamente a Secretária Regional da Saúde sobre a dívida às farmácias, mas não tivemos qualquer resposta. Agora ficámos essa dívida, no final de julho deste ano, já ascende a 26 milhões de euros e que, no curto prazo, o Governo Regional não possui qualquer plano para amortizar esta dívida. Assim se comprova que as propostas de Orçamento deste Governo Regional para 2024 não possuíam qualquer credibilidade”, assinalou Tiago Lopes.

Para o deputado do PS, “este é um Governo que nos últimos três anos conduziu a uma degradação das finanças públicas regionais à qual é indissociável o agravamento dos resultados operacionais, dos resultados líquidos, bem como o aumento do passivo e a dívida a fornecedores das unidades de saúde da Região, com um impacto inegável na prestação de cuidados de saúde”.

Tiago Lopes afirmou ainda que, “ao contrário do afirmado pelo Governo Regional”, os pagamentos “não têm sido realizados com a regularidade referida pela tutela por parte das unidades de saúde, caso contrário não assistiríamos ao aumento da dívida”.

“Este é um Governo incapaz, incompetente e irresponsável que não transfere para as Unidades de Saúde de Ilha os montantes previstos no Orçamento da Região e que desde 2021 tem vindo a cortar nos orçamentos das Unidades de Saúde da Região. É um Governo que asfixia as unidades de saúde e, consequentemente, mina a qualidade e a segurança dos cuidados de saúde prestados aos Açorianos”, disse ainda o parlamentar.

O deputado do GPPS/A acrescentou que, “para quem tanto criticou o subfinanciamento do setor da saúde, o maior feito que conseguiu atingir foi fazer pior e com mais recursos ao seu dispor”.

“Ao contrário do pretendido pelos partidos de direita, que pretendem um Serviço Regional de Saúde tendencialmente pago, o Serviço Regional de Saúde é público e deve continuar a ser público”, sublinhou o deputado socialista, Tiago Lopes.

GPPS/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o Diretor de Programação da Rádio Ilhéu, sediada na Ilha de São Jorge. É também autor da rubrica 'Cronicas da Ilha e de Um Ilhéu' que é emitida em rádios locais, regionais e da diáspora desde 2015.