INTERNACIONALNACIONAIS

XTB | Destaques da manhã, por Henrique Tomé

Analista da XTB, Henrique Tomé;
116views
  • Os índices dos EUA voltaram a registar perdas ontem, com os principais índices de Wall Street a caírem mais de 1% pelo segundo dia consecutivo. O S&P 500 caiu 1,44%, o Dow Jones caiu 1,04% e o Nasdaq caiu 2,00%. Russell 2000 caiu 1,50%;
  • A China reduziu algumas restrições contra a Covid. Os casos assintomáticos poderão agora ser submetidos a quarentena domiciliária, as zonas de alto risco serão definidas com maior precisão e as proibições de circulação em zonas não de alto risco foram levantadas. As restrições às viagens domésticas também foram aliviadas;
  • Os índices chineses reagiram em alta, na sequência do anúncio, mas os ganhos foram rapidamente apagados. Actualmente, os índices chineses seguem mistos;
  • Os restantes índices da Ásia-Pacífico também registaram quedas esta madrugada. O Nikkei caiu 0,7%, S&P/ASX 200 caiu 0,8%, enquanto que o Kospi e Nifty 50 caíram cerca de 0,3%;
  • No lado europeu, o DAX está a tentar contrair o sentimento negativo dos últimos dias;
  • A Fitch espera que a economia chinesa cresça 2,8% em 2022 e 4,1% em 2023 – bem abaixo da tendência pré-pandémica;
  • David Solomon, CEO da Goldman Sachs, alertou para o risco de recessão nos EUA em 2023. Jamie Dimon, CEO da JPMorgan, disse que a economia americana poderá entrar em recessão profunda se a inflação permanecer elevada;
  • A NBC informa que o candidato democrata ganhou uma segunda volta das eleições na Geórgia, permitindo aos democratas expandir o seu poder no Senado;
  • As exportações chinesas em USD, aumentaram 9,1% YoY no período Janeiro-Novembro, enquanto as importações aumentaram 2,0% YoY. As exportações, em USD, diminuíram 8,7% só em Novembro e as importações diminuíram 10,6% em relação ao ano anterior;
  • O PIB australiano cresceu a um ritmo de 0,6% QoQ no terceiro trimestre de 2022 (exp. 0,7% QoQ);
  • Relatório API mostrou uma redução de 6,43 milhões de barris nos inventários de petróleo dos EUA (exp. -3,5 mb);
  • As criptos estão a registar perdas. No entanto, as principais moedas mantêm-se estáveis -Bitcoin continua a lateralizar;
  • O petróleo continua a recuar, enquanto os preços do gás natural dos EUA sobem mais de 4%;
  • Nos metais preciosos, o ouro e prata sobem;
  • CAD e NZD são as principais moedas com melhor desempenho, enquanto o JPY e o CHF registam o pior desempenho.

O índice CHNComp reagiu em alta, depois de a China ter anunciado uma maior flexibilização nas políticas contra a Covid. No entanto, o movimento de alta abrandou depois do preço ter testado a média móvel de 200 períodos (linha roxa).

Fonte: xStation5

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.