INTERNACIONALNACIONAIS

XTB | Destaques da manhã, por Henrique Tomé

Analista da XTB, Henrique Tomé;
137views
  • Os índices dos EUA terminaram a sessão de ontem em baixa, com todas as principais referências de Wall Street a cairem mais de 1%. O S&P 500 caiu 1,54%, o Dow Jones caiu 1,45%, o Nasdaq caiu 1,58% e o Russell 2000 caiu 2,05%;
  • O sentimento de risco melhorou durante a sessão asiática com os rumores de que a China pode relaxar suas políticas de coronavírus em resposta aos protestos recentes. O Conselho de Estado realizará uma conferência de imprensa às 7:00 da manhã GMT e alguns especulam que os anúncios podem ser feitos lá;
  • Os índices chineses ganharam com o CHNComp a subir 3% acima no momento desta publicação. Os outros índices da Ásia-Pacífico negociaram em alta, mas o Nikkei japonês ficou para trás;
  • Os futuros do DAX apontam para uma abertura em alta da sessão europeia de hoje;
  • Barkin da Fed  disse que se a inflação continuar alta, as taxas continuarão a subir. Brainard disse que espera que a inflação continue volátil nos próximos anos;
  • As vendas a retalho japonesas aumentaram 4,3% A/A em outubro (exp. 5,0% A/A);
  • A taxa de desemprego no Japão permaneceu inalterada em 2,6% em outubro (exp. 2,5%);
  • A inflação medida pelo IPC no estado alemão da Renânia do Norte-Vestfália desacelerou de 11,0 para 10,4% em novembro;
  • As criptomoedas ganham com a Bitcoin a adicionar 1,5% e o Ethereum a negociar 2,9% mais alto. A Dogecoin sobe quase 8%;
  • A retomada do apetite por risco está a sustentar os preços do petróleo e dos metais industriais;
  • As commodity currencies, como AUD ou NZD, também estão a valorizar.

O CHNComp está a recuperar hoje, enquanto os investidores esperam que o relaxamento das medidas da Covid seja anunciado. O índice recuperou todas as perdas de ontem e está a ser negociado no nível mais alto em quase 2 semanas.

Fonte: xStation5

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.