NACIONAIS

XTB | Destaques da manhã, por Henrique Tomé

Analista da XTB, Henrique Tomé;
61views
  • Os índices dos EUA terminaram ontem as negociações em alta. O S&P 500 ganhou 0,59%, o Dow Jones subiu 0,28% e o Nasdaq subiu 0,99%. Russell 2000 subiu 0,17%;
  • As minutas da FOMC mostraram que vários membros do Fed esperam que as subidas das taxas de juro comecem a abrandar em breve. No entanto, também foi observado que o teto máximo para os níveis dos juros poderão ser superiores às projeções iniciais;
  • A publicação das minutas acabou por impulsionar uma recuperação nos índices e uma queda no USD;
  • Os índices da Ásia-Pacífico estiveram a ser negociados em alta esta madrugada. Nikkei e Kospi ganharam 1% cada, S&P/ASX 200 subiu 0,1% e Nifty 50 subiu 0,6%. As ações chinesas tiveram um desempenho inferior com a maioria dos principais índices chineses a registarem perdas;
  • No lado europeu, o DAX está a ser negociado em terreno positivo;
  • A China relatou 29.754 novos casos de Covid – a maior contagem oficial desde o início da pandemia. Mais cidades chinesas preparam testes em massa e impõem restrições de movimento;
  • O Governador Macklem disse que existe o risco de que a inflação no Canadá se torne persistente. Ele também disse que as atuais políticas monetárias poderão ser revistas em breve, mas a BoC ainda não é o momento certo para tal;
  • A Bloomberg informa que o Banco Popular da China pode decidir reduzir o rácio de reservas mínimas. O ING vê a possibilidade de uma tal mudança nos próximos dias;
  • A Moody’s baixou as perspectivas dos bancos chineses para ‘negativos’, citando o abrandamento do crescimento económico, as restrições pandémicas e a correção do mercado imobiliário;
  • O governador do RBNZ, Orr, disse que houve mais discussão sobre ‘aumentos de 75 bp vs 100 bp’ do que sobre ‘aumentos de 50 bp vs 75 bp’ na última reunião;
  • O PMI japonês industrial caiu de 50,7 para 49,4 em Novembro (exp. 50,9);
  • As criptos estão a recuperar, com a Bitcoin a ganhar 1%, o Ethereum a subir 2,5% e o Dogecoin a subir 2%;
  • O petróleo está a ser negociado de forma estável;
  • O ouro ganha 0,2% com o enfraquecimento do USD, mas outros metais preciosos não estão a conseguir acompanhar a tendência do ouro. A prata segue lateral e a platina cai 0,4%;
  • AUD e JPY são as principais moedas com melhor desempenho, enquanto o USD e o CAD são as moedas que mais recuam.

O USDJPY aprofundou as quedas ontem após a publicação das minutas que se revelaram dovish. O par quebrou abaixo da zona de suporte nos 140,00 e está agora a tentar quebrar abaixo da marca dos 139,00.

Fonte: xStation5

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.