REGIONAL

SÃO MIGUEL – Matadouro qualificado com o certificado “Welfare Quality”

| Fotos: MM |
194views

O matadouro de São Miguel foi qualificado pela empresa AENOR com o certificado “Welfare Quality”, um reconhecimento europeu do cumprimento de todas as práticas relacionadas com o bem-estar animal.

O cumprimento destas práticas vai desde a sua receção até ao abate, de acordo com o protocolo adotado pelo Instituto de Investigação e Tecnologia Alimentar (IRTA), responsável máximo por este tipo de qualificação em toda a Península Ibérica.

Este reconhecimento incide sobre a raça Angus e foi obtido em parceria com a empresa Jerónimo Martins, o que permite o abate e comercialização de carne, através da cadeia do Pingo Doce, com a valorização adstrita àquele reconhecimento.

Sendo a defesa do bem-estar animal uma prioridade da União Europeia, a Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural tem em curso um conjunto de ações de formação sobre este tema, destinadas aos técnicos dos matadouros da Região, habilitando-os, assim, a implementarem todos os procedimentos relativos a esta certificação nas respetivas unidades de abate.

Com esta iniciativa, para além dos bovinos da raça Angus, ficam abrangidos todos os animais que foram abatidos da rede regional de abate, com as consequentes mais-valias para a comercialização da carne oriunda da Região.

“Este reconhecimento é acima de tudo uma comprovação da qualidade do processo de abate, que está ajustado às novas exigências dos consumidores, no âmbito do bem-estar-animal. Estamos empenhados em continuar o reconhecimento desta qualidade. Este é o nosso compromisso é o nosso objetivo”, sublinha o Secretário da Agricultura e Desenvolvimento Rural, António Ventura.

GA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.