REGIONAL

REGIÃO – Depois de audiência com o Conselho de Administração da Unileite, Bolieiro destaca importância do setor primário para a sustentabilidade económica, social e ambiental dos Açores (c/áudio)

| Fotos: GaCS/Miguel Machado |
195views

O Presidente do Governo afirmou ontem, em Ponta Delgada, que o setor primário é decisivo para a economia regional, precisamente ao nível da sustentabilidade ambiental económica e social.

“Com uma boa orientação, sob o ponto de vista da comercialização interna e consequente exportação, podemos ajudar a nossa sociedade, a nossa economia, os nossos produtores e a nossa indústria”, garantiu José Manuel Bolieiro.

Após uma audiência com o Conselho de Administração da Unileite, no Palácio de Sant’Ana, o chefe do Executivo açoriano referiu que “a excelência do nosso produto e da nossa capacidade produtiva deve ser uma mais-valia para tranquilizar o consumidor a ter preferência no que é nosso.”

“Confio, enquanto Presidente do Governo e enquanto cidadão, na excelência do nosso produto lácteo”, frisou, adiantando que é preciso “ter a capacidade reformista para traçar linhas de orientação para o futuro no setor primário, designadamente na fileira do leite.”

“Quero incluir todos no diálogo e na concertação para que possamos definir políticas públicas compatíveis com o presente, com as suas dificuldades e com as suas potencialidades”, acrescentou.

De acordo com o Presidente do Governo, “é preciso definir estratégias relativamente à diminuição dos custos de contexto para a produção, transformação e expedição do produto, assim como é necessário valorizar a receita do produto vendido, e com isso conseguir equilíbrios na distribuição de rendimento entre estes três segmentos desta cadeia de negócio: o produtor, o industrial e o comercial.”

José Manuel Bolieiro sublinhou, na ocasião, que é fundamental “equidade, justiça e solidariedade” entre produção, transformação e comercialização, sendo que o Governo está disponível para ser “um parceiro auxiliar destes entendimentos e desta melhoria de rendimentos para todos.”

“Devemos apostar numa melhoria do rendimento dos produtores, não só baseada no aumento da produção, mas também na qualidade do rendimento”, assegurou o Presidente do Governo.

O novo período de programação financeiro de apoio para a economia 2020-2027, assim como o instrumento de Recuperação e Resiliência da União Europeia serão importantes para garantir esses objetivos.

GaCS/BP/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.