REGIÃO – Corveta António Enes termina missão de três meses nos Açores

REGIÃO – Corveta António Enes termina missão de três meses nos Açores

O NRP António Enes iniciou ontem à tarde a viagem de regresso à Base Naval de Lisboa, no Alfeite, após finalizar mais uma missão na Região Autónoma dos Açores, com uma duração de cerca de três meses. Durante este período, o navio completou 1967 horas de missão e percorreu 5.218 milhas náuticas no mar dos Açores, o equivalente a cerca de 10 mil quilómetros.

​​A corveta da Marinha integrou o dispositivo naval tendo em vista o exercício da soberania, busca e salvamento e jurisdição do Estado do mar, para o incremento da segurança de todos aqueles que praticam o mar dos Açores e assegurou ainda a presença junto das diversas comunidades das ilhas que constituem o arquipélago.

A corveta António Enes foi empenhada em três ações de Busca e Salvamento Marítimo e realizou também diversos exercícios de busca e salvamento marítimo diurnos e noturnos, em conjunto com o helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa (FAP).

O navio efetuou diversas ações de patrulha e vigilância marítima com especial destaque para as áreas de reserva do Grupo Oriental e Grupo Central do Arquipélago dos Açores.

No âmbito protocolar, designadamente, na presença naval junto das diversas comunidades das ilhas que constituem o arquipélago, o Comandante do NRP António Enes prestou os habituais cumprimentos protocolares.

Também inserido no conceito de presença naval, ao nível das tarefas de interesse público, a corveta prestou apoio logístico a organismos públicos e forças de segurança, através do transporte de material entre ilhas do Arquipélago dos Açores.

MARINHA/RÁDIOILHÉU