REGIONAL

PSD pede informações sobre bombeiros em situação de quarentena nos Açores

165views

O grupo parlamentar do PSD/Açores solicitou hoje ao governo um conjunto de informações, “findo o primeiro mês de vigência da situação de contingência regional por via do surto de Covid-19, sobre quantos bombeiros da Região estiveram de quarentena durante este período”.

“Tratando-se de agentes de proteção civil que estão na primeira linha de intervenção na abordagem à pandemia que causa a doença, os bombeiros desempenham um papel essencial, pelo que importa acompanhar em permanência as condições de exercício da sua missão”, refere, a esse respeito, Carlos Ferreira.

O deputado social democrata defende “a imprescindível conjugação de esforços com outras classes de trabalhadores e voluntários”, mas recorda que as informações recolhidas indiciam que, pelo menos em algumas corporações, “na fase inicial não estiveram disponíveis os equipamentos adequados, o que deixou os bombeiros numa situação de acrescida vulnerabilidade”, afirma.

“Isso aconteceu ao nível dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), mas também nos procedimentos de atuação, havendo diversos registos de situações em que a suspeita de Covid-19 só foi accionada após a admissão hospitalar, ou seja depois de passada toda a ocorrência”, explica.

Para o social democrata, situações dessa natureza “são evitáveis, pois para quem está na linha da frente, e não existindo falta de EPI’s – como é assumido atualmente pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores -, todas as ocorrências dúbias deveriam ser tratadas à priori como uma potencial situação de infeção pelo novo coronavírus”, defende.

“Isso é elementar”, diz mesmo Carlos Ferreira, “quer para a proteção individual dos bombeiros e das suas famílias, quer para impedir que se tornem um foco de transmissão do vírus”, disse

O deputado do PSD/Açores salienta mesmo que “todos os recursos humanos das corporações da Região são necessários e, também por isso, tudo deve ser feito para minimizar o risco de colocação de bombeiros em quarentena”.

Nesse sentido, e no pedido de informações feito à tutela, os social democratas solicitam a indicação do número de bombeiros estão em quarentena, “especificado

por cada Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Região”, querendo igualmente saber “que medidas adicionais pretende o Governo Regional tomar para proteger os bombeiros voluntários do arquipélago dos riscos de infeção pelo novo coronavírus”, conclui Carlos Ferreira.

PSD/Açores – Gabinete de Imprensa

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.