REGIONAL

PS condena encerramento da empresa Azorina com sede no Faial

22views

O Partido Socialista do Faial condenou, esta quarta-feira, a intenção do novo Governo Regional de proceder ao encerramento da empresa de capitais públicos Azorina, S.A cuja sede se localiza nesta ilha do arquipélago, manifestando igualmente, na ocasião, a sua preocupação quanto ao futuro dos trabalhadores que a integram.

Para o Secretariado de ilha do PS/Faial, o anúncio feito durante a discussão do Programa do Governo de que, no âmbito da reforma do Setor Público Empresarial Regional, se irá extinguir a Azorina, S.A., representa uma decisão irracional e compulsiva do atual executivo uma vez que, “para além de não ter em consideração a importância desta empresa no domínio da gestão ambiental e da conservação da natureza, sendo uma empresa estruturante, do ponto de vista operacional, na gestão de inúmeras infraestruturas ambientais e turísticas, também não considerou os resultados operacionais positivos que a mesma tem vindo a alcançar”.

Neste contexto, “não é possível compreender que o maior governo da história da Autonomia atire essa fatura para cima daquela empresa e dos seus trabalhadores que, como já referido, tem vindo a alcançar resultados operacionais positivos e continua a cumprir a missão subjacente à sua criação”.

Ademais, o PS/Faial considerou que a existência desta empresa, nesta ilha, atesta a centralidade do Faial em matéria de políticas ambientais cujos resultados alcançados, ao longo dos últimos anos, já mereceram muitos reconhecimentos, alguns deles, de caráter internacional.

O PS/Faial manifestou ainda a sua preocupação com o futuro destes trabalhadores, uma vez que, nem o governo regional, nem o Secretário Regional das Finanças lhes dirigiu uma palavra quanto à sua atual e futura situação.

PS/FAIAL/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.