NACIONAIS

PORTUGAL | Secretária de Estado da Proteção Civil entrega Medalha de Serviços Distintos de Segurança Pública à Unidade Nacional de Trânsito da GNR

Secretária de Estado da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, entrega Medalha de Serviços Distintos de Segurança Pública à Unidade Nacional de Trânsito da GNR, Queluz, 1 julho 2022
308views

O Ministério da Administração Interna atribuiu à Unidade Nacional de Trânsito da Guarda Nacional Republicana a Medalha de Serviços Distintos de Segurança Pública, Grau Ouro. A distinção foi entregue pela Secretária de Estado da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, durante a cerimónia militar comemorativa do 13º aniversário da Unidade Nacional de Trânsito da GNR, que teve lugar na Escola da Guarda, em Queluz.

«Trata-se do reconhecimento público pela forma extraordinariamente empenhada, valiosa e competente como esta unidade tem desempenhado a sua missão em todo o território nacional, prestando um serviço caracterizado pelo ímpar profissionalismo, inexcedível competência técnica e extrema dedicação em serviço de segurança pública, contribuindo, desta forma, para o engrandecimento da imagem da Guarda Nacional Republicana», disse Patrícia Gaspar.

A Secretária de Estado exemplificou com as várias missões e ações especiais da Unidade Nacional de Trânsito, destacando as desenvolvidas no âmbito da prevenção e segurança rodoviária.

«Esta Unidade tem contribuindo decisivamente para um objetivo comum que a todos convoca – a redução da mortalidade e da sinistralidade rodoviária», sublinhou Patrícia Gaspar, lembrando que, em 1996, morreram 2100 pessoas nas estradas, e que até 2005 a mortalidade foi sempre superior a 1000 pessoas, o que significa que «o esforço de todos – autoridades, condutores, peões, entidades gestoras das vias – está no caminho certo».

Entre janeiro e dezembro de 2021 registaram-se 30.691 acidentes com vítimas em Portugal, dos quais resultaram 401 vítimas mortais, 2.297 feridos graves e 35.877 feridos leves.

«Mas o nosso objetivo, por muito ambicioso ou mesmo utópico que possa parecer, é chegarmos às zero mortes nas estradas. E para isso é tão importante o trabalho conjunto que tem sido desenvolvido pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária com as nossas Forças de Segurança, GNR e PSP», sublinhou Patrícia Gaspar, garantindo que «o compromisso do Governo é o de tudo fazer para combater uma perceção de quase banalização do fenómeno da sinistralidade e da mortalidade na estrada».

P/GOV/PT/RÁDIOILHEU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.