NACIONAIS

Portugal formaliza Aliança para a Igualdade nas Tecnologias de Informação e Comunicação

Ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, na formalização da Aliança para a Igualdade nas Tecnologias de Informação e Comunicação, Lisboa, 14 dezembro 2021 (Foto: João Bica)
174views

As entidades governamentais, universidades e empresas que estão juntas no programa Engenheiras Por Um Dia formalizaram a Aliança para a Igualdade nas Tecnologias de Informação e Comunicação, numa cerimónia que contou com a participação da Ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

A mais-valia desta aliança será o facto de se tornar o maior cluster para a promoção da igualdade nas Tecnologias de Informação e Comunicação, uma vez que a transição digital vai impor, necessariamente, o aumento da participação de mulheres no setor.

Até ao momento, no âmbito do programa Engenheiras Por Um Dia, já estão envolvidas 135 entidades parceiras, 75 entidades diversas, especialmente empresas do setor tecnológico, e 10 municípios, 45 escolas, básicas e secundárias, e 15 instituições do ensino superior.

A criação da Aliança materializa a formalização de um compromisso entre todas as entidades, servindo de agregador deste tema e da necessidade da igualdade de género ser transversal a toda a transição digital.

O programa Engenheiras Por Um Dia começou em 2017 e conta já com cinco edições, estando integrado na Estratégia Nacional para a Igualdade e Não Discriminação – Portugal Mais Igual e no Plano de Ação para a Transição Digital e desde a sua criação já contou com a participação de 10.411 jovens estudantes, em mais de 460 atividades práticas laboratoriais, sessões de mentoria e com modelos de referência.

A Aliança foi formalizada entre a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), que irá coordenar, em articulação com a Associação Portuguesa para a Diversidade e Inclusão – APPDI e as restantes entidades parceiras, desde empresas, universidades e municípios.

O objetivo continua a ser o de promover a inclusão digital das mulheres e da respetiva participação nas engenharias e nas tecnologias, consolidando e estruturando formas de cooperação sistemáticas e de divulgação do trabalho realizado pelas entidades parceiras.

No âmbito da Aliança, as entidades parceiras reforçam ainda o seu compromisso de cooperarem entre si de forma ativa e muito concreta para promover o objetivo mais genérico de combate à segregação sexual nas escolhas educativas e nas profissões, nas suas várias dimensões.

A Aliança irá também promover o desenvolvimento de iniciativas que contribuam para a ação e reflexão sobre os desafios e a potencialidade de áreas tecnológicas emergentes como a inteligência artificial em matéria de igualdade entre mulheres e homens.

P/GOV/PT/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.