NACIONAIS

PORTUGAL | Construção do novo centro de Formação e Comando Territorial da GNR em Portalegre terá investimento de 25 milhões de euros

Militares da GNR
268views

O Ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, afirmou que as obras do novo Centro de Formação e Comando Territorial da GNR em Portalegre vão avançar com um investimento de 25 milhões de euros.

José Luís Carneiro falava após a cerimónia de Compromisso de Honra de 303 novos militares do 46.º curso de formação de Guardas da GNR, em Portalegre.

O Ministro disse também que o Governo tem prevista, dentro de «um ano e meio», a conclusão do projeto de concessão e de execução, sendo depois lançado o concurso para a obra:

«Já está previsto na Lei de Programação de Investimentos, Infraestruturas e Equipamentos. Estamos a falar de um investimento de um milhão de euros para o projeto, articulado com a Ordem dos Arquitetos e que, no fim, permitirá lançar o concurso, não apenas para as novas infraestruturas da escola da Guarda, mas também do futuro comando territorial», explicou.

O atual Centro de Formação da GNR em Portalegre está instalado no Convento de São Bernardo, ao abrigo de um protocolo de cedência entre os ministérios da Defesa e da Administração Interna.

As novas instalações do centro de formação e do destacamento territorial ocuparão um terreno com 28 hectares, na zona industrial da cidade, assegurando o município de Portalegre a cedência do terreno e a infraestruturação e acessibilidades do espaço.

Durante a cerimónia foi também assinado o protocolo de colaboração entre a Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna e a Câmara Municipal de Portalegre, para a execução das obras nos arruamentos junto ao terreno onde serão construídas as futuras instalações.

«Saúdo, assim, o município de Portalegre, que também cedeu o terreno para a construção deste equipamento, por ser parceiro neste modelo que acreditamos ser o que melhor serve o interesse público. Este é um claro exemplo de como o Estado Central e autarquias locais podem e devem colaborar no sentido de melhorar as infraestruturas e as condições de trabalho das nossas forças de segurança», afirmou o Ministro.

José Luís Carneiro destacou ainda, na sua declaração à comunicação social, a importância de ingressarem este ano na GNR «mais 1.600 guardas» na GNR e agradeceu aos novos guardas provisórios a disponibilidade para servirem Portugal.

«Este Compromisso de Honra marca um momento de transição no vosso percurso e representa o atingir de um marco, fruto do vosso trabalho e dedicação durante o curso de formação», disse José Luís Carneiro. «Estou certo de que a preparação que aqui tiveram vos deu as ferramentas e os conhecimentos necessários para desempenharem com brio, afinco e grande profissionalismo a nobre missão que escolheram abraçar. Começa, agora, o caminho da vossa integração numa Instituição que, ano após ano, vem reforçando o seu prestígio junto dos portugueses», concluiu.

P/GOV/PT/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.