NACIONAIS

Portugal concede apoio financeiro de 250 milhões à Ucrânia

Primeiro-Ministro António Costa com o Presidente da República ucraniana, Volodimyr Zelensky, na conferência de imprensa conjunta, Kiev, 21 maio 2022
122views

Portugal e a Ucrânia assinaram um acordo para a concessão de apoio financeiro de 250 milhões euros, «respondendo ao pedido do governo ucraniano», no final de uma reunião de trabalho do Primeiro-Ministro português, António Costa, com o Primeiro-Ministro ucraniano, Denys Shmyhal, em Kiev.

«Formalizámos este importante compromisso através da assinatura de um acordo de cooperação financeira», disse António Costa, referindo que 100 milhões serão transferidos ao longo deste ano através de uma conta da Ucrânia no Fundo Monetário Internacional ou por outros canais que a União Europeia venha a abrir para financiamento direto, e 150 milhões de euros serão transferidos para o Estado ucraniano ao longo dos três próximos anos.

«Este foi um acordo que tinha acertado com o Primeiro-Ministro ucraniano na reunião que com ele tive por videoconferência há algumas semanas. A Ucrânia tinha solicitado este apoio financeiro ao Estado Português e tivemos a oportunidade de negociar e acertar a temporalidade para a transferência destes recursos», disse.

Este «muito volumoso» auxílio financeiro «visa financiar as necessidades do Orçamento ucraniano» e «soma-se a outros apoios que Portugal tem dado de equipamento militar, humanitário, de sanções à Rússia, ou relativamente às aspirações europeias da Ucrânia», disse ainda.

A reunião com o Chefe do Governo ucraniano foi precedida da uma reunião e conferência de imprensa com o Presidente da República, Volodymyr Zelensky, durante a qual discutiram «as necessidades imediatas da Ucrânia, olhando já para a reconstrução», escreveu António Costa no Twitter.

P/GOV/PT/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.