NACIONAIS

Polícia Judiciária efetua detenção por crime de incêndio florestal

154views

Os factos ocorreram na zona de Alcabideche, Cascais. A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, identificou e deteve um homem, de 47 anos de idade, por fortes indícios da prática de um crime de incêndio florestal.

O detido vivia sozinho e não trabalha, não tendo, igualmente, família em Portugal e, sem motivo aparente, ateou fogo a uma área de vegetação, composta por pasto, mato, arbustos e árvores, numa zona vizinha de um bairro habitacional e algumas casas isoladas, tendo criado perigo para todo esse património e para os seus residentes.

O incêndio consumiu cerca de 2000 m2 e não tomou proporções mais graves em virtude de ter sido detetado precocemente, tendo sido suscitada, de imediato, a intervenção rápida dos bombeiros que o vieram a extinguir.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado sujeito à medida de coação processual de prisão preventiva.

FONTE: GABIC/PJ

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.