NACIONAIS

Paulo Azevedo / José Mourinho “Não há impossíveis”

242views

O palestrante e ator Paulo Azevedo nasceu com a missão de se superar a cada momento.

No seu novo livro “Não há impossíveis” que será editado pela contraponto editora a 4 de setembro, estão os seus medos, as suas angústias, os seus erros, mas também os seus heróis e todos os momentos decisivos que lhe permitiram perceber qual o seu papel no Mundo e encontrar o seu caminho: o de inspirar tantas pessoas quanto possível, mostrando-lhes que, se ele conseguiu, elas também conseguem, afinal, ”Não há impossíveis”.

A amizade com José Mourinho começa quando o multifacetado Paulo Azevedo (também Treinador de Futebol de Nível II) estagiou no Real de Madrid do “Special One”.

Do prefácio de José Mourinho, retiramos as seguintes palavras: “O homem que deu aquela palestra aos meus jogadores é hoje um dos melhores oradores motivacionais do país. Através deste livro, os leitores perceberão que ele é um motivador, um especialista em liderança, um indivíduo capaz de, no fundo, oferecer aos outros aquilo que ele tem, as qualidades fantásticas de determinação e superação…”

A avassaladora força que Paulo Azevedo transmite tem cativado grandes nomes como Cristiano Ronaldo, Diogo Morgado, Fátima Lopes, Virgílio Castelo entre outros.

CRISTIANO RONALDO

“Sempre acreditei que podemos alcançar os nossos sonhos se trabalharmos arduamente e sem pensar nos obstáculos. O Paulo é o exemplo de que nada é impossível. Eu também sou testemunha!”

DIOGO MORGADO

“Todos dizem ser forte o rio que tudo arrasta, mas ninguém diz serem fortes as margens que o comprimem”. Acho que o Paulo é como as margens que comprimem o rio de que fala Brecht. Ninguém repara que a sua força está na beleza da simplicidade. Ele estará sempre de pé na coragem, aplaudindo a vida, com as suas enormes mãos de amor.”

FÁTIMA LOPES

“Conhecer o Paulo Azevedo é ter o privilégio de descobrir que o limite é a nossa vontade.”

VIRGÍLIO CASTELO

“É na adversidade que se temperam os grandes destinos”, dizia Séneca. É uma daquelas frases cheias de sabedoria milenar que nos inspiram imediatamente e nos dão força para enfrentar os problemas. Mas não deixa de ser apenas uma frase. Pelo menos, para mim, era. Até ao dia em que conheci o Paulo Azevedo. Se o filósofo latino pudesse viajar no tempo e conhecer o Paulo, perceberia que não só escreveu uma máxima inspiradora, como antecipou um milagre.”

SINOPSE “NÃO HÁ IMPOSSÍVEIS”

“Podia ser pior”, disse a sua mãe, aos 16 anos, quando percebeu que tinha acabado de dar à luz uma criança sem mãos e sem pernas. Começou a escrever-se assim a história daquele que é hoje o protagonista das mais poderosas palestras motivacionais do país. Condenado a nunca conseguir caminhar, a uma vida de total dependência e a não cumprir sonho algum, Paulo Azevedo rejeitou desde cedo, com um extraordinário suporte familiar, palavras como «não» ou «impossível». Jogou futebol, aprendeu a nadar, estudou, namorou, saiu à noite, passou a conduzir uma moto 4 e depois um automóvel, tornou-se ator de teatro, televisão e cinema, foi também apresentador, venceu até um concurso televisivo de mergulhos e foi pai de duas crianças.


SOBRE PAULO AZEVEDO

Paulo Azevedo nasceu em Coimbra, a 29 de outubro de 1981, sem mãos e sem pernas. Iniciou-se no teatro em 1990, em Pombal, estudou jornalismo na Universidade de Coimbra, tirou o Curso de Treinador de Futebol de Nível II, estagiou no Real Madrid e frequentou o curso de Representação em Televisão e Cinema, sob a orientação do ator e argumentista Tozé Martinho, na Universidade Lusíada de Lisboa. Foi protagonista de reportagens televisivas premiadas, como O Melhor Jogador do Mundo, da Sport TV, e Uma Vida Normal, da SIC, que haveria de dar origem ao livro autobiográfico com o mesmo nome, em 2008 (4.ª edição). Tornou-se no primeiro ator com deficiências na ficção televisiva portuguesa, quando participou na novela Podia Acabar o Mundo, da SIC, tendo sido eleito ator revelação. Participou em novelas da SIC e da RTP, protagonizou curtas-metragens exibidas em cinema, apresentou o programa Consigo, da RTP 2, e venceu o concurso televisivo Splash, da SIC. É ator, palestrante e orador motivacional, tendo já falado para milhares de pessoas, em palcos como os dos coliseus de Lisboa e Porto, ou o Campo Pequeno, bem como no estrangeiro.

BRAIN/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.