REGIONAL

LAGOA – PSP deteve 2 indivíduos por tráfico de estupefacientes, no Porto dos Carneiros

451views

A Divisão Policial de Ponta Delgada, através de Polícias da Brigada de Investigação Criminal da Esquadra da Lagoa, no âmbito de uma investigação em curso, procedeu à detenção, em flagrante delito, de 02 indivíduos, ambos do género masculino, de 35 e 39 anos, na zona do Porto dos Carneiros, na freguesia do Rosário, do concelho da Lagoa, pela presumível autoria de um crime de tráfico de estupefacientes, e ainda por parte de um dos detidos, pelos crimes de posse de arma proibida e extorsão.

No âmbito de várias diligências de investigação realizadas pela Brigada de Investigação Criminal, da Esquadra da Lagoa, foi possível recolher indícios que apontavam para uma rede de tráfico de estupefacientes que operava na zona do Porto dos Carneiros, na cidade da Lagoa.

No decorrer da operação policial, os investigadores da BIC da Lagoa, em colaboração com a equipa cinotécnica, permitiu dar cumprimento a três buscas domiciliárias e uma não domiciliária, emanadas pela Autoridade Judiciária competente, tendo culminado com a detenção dos cidadãos e a consequentemente apreensão de 13 doses de heroína, cerca de 500 doses de uma substância psicoativa, vulgarmente designada por droga sintética, mais de 2.000,00 euros em numerário, vários utensílios relacionados com a atividade de traficância dos detidos e, ainda, várias armas que de acordo com as suas características, grau de perigosidade, fim a que se destinam e a sua utilização são suscetíveis de serem classificados como armas da classe A (conforme fotograma).

Um dos arguidos está também indiciado de ter ameaçado, agredido e extorquido alguns consumidores das referidas substâncias, como forma de garantir o pagamento de dividas relacionadas com o negócio de tráfico de droga.

Foram ainda constituídos arguidos outros dois indivíduos, de 44 e 49 anos de idade, naturais e residentes no concelho de Lagoa, por estarem indiciados na prática de um crime de tráfico de estupefacientes e outro de roubo.

Os detidos, ambos com antecedentes criminais, após terem sido presentes à Autoridade Judiciária competente, foi-lhes aplicada a medida de coação de apresentações periódicas e proibição de frequentar locais conotados por tráfico de estupefacientes a um indivíduo, e ao segundo a medida de coação mais gravosa, prisão preventiva.

CT/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.