REGIONAL

José Manuel Bolieiro valoriza “interesse comum” com a ANA no desenvolvimento dos Açores

| Fotos: MM |
36views

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, valorizou hoje o papel da ANA – Aeroportos de Portugal como parceira no desenvolvimento da Região, nomeadamente no que refere às infraestruturas geridas pela empresa.

“A postura deste XIII Governo não é a disputa de protagonismo ou a exigência reivindicativa de investimentos e de escrutínio. É sobretudo a da formação, em parceria, de um interesse comum no desenvolvimento dos Açores”, que no caso da ANA diz respeito às quatro infraestruturas aeroportuárias por si geridas na Região, nas ilhas de São Miguel, Santa Maria, Faial e Flores.

O Presidente do Governo, José Manuel Bolieiro, reuniu-se hoje, em Ponta Delgada, com o Presidente do Conselho de Administração da ANA, José Luis Arnaut, e o Presidente da Comissão Executiva da Empresa, Thierry Ligonniére.

“Ficou aqui passado em revista o conjunto de investimentos e de planeamento plurianual que a ANA quer colocar ao serviço dos Açores e da responsabilidade que tem na concessão destas infraestruturas aeroportuárias”, declarou José Manuel Bolieiro, falando no final da reunião.

O governante sublinhou que no atual momento, que se se procura “ultrapassar o medo” da pandemia para “ganhar a confiança” no seu controlo, é essencial esta “sinergia” com a ANA até pela promoção de fluxos turísticos para os Açores.

No que refere ao Aeroporto da Horta, na ilha do Faial, José Manuel Bolieiro apelou à cooperação entre diferentes entidades, e também ao recurso a fundos comunitários, para serem procuradas melhorias na infraestrutura.

“A soma dos contributos financeiros de cada um pode potenciar uma melhoria e um aperfeiçoamento do investimento na qualificação da infraestrutura que provavelmente se ficasse à responsabilidade de um, e todas as outras instituições de [costas] voltadas, não seria possível alcançar”, assinalou.

GA/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.