REGIONAL

Joel Neto recebe Prémio Atlante na abertura do Fringe

81views

Esta sexta-feira, 29 de Maio 2020, é a abertura da oitava edição do Azores Fringe Festival, uma explosão artística dos Açores para o mundo. Devido à pandemia global que enfrentamos, a equipa Fringe está online. Através do facebook da MiratecArts, entidade organizadora, e da página do Azores Fringe Festival, mais de uma centena de artistas vão apresentar, conversar e questionar a Arte na maior montra de cultura artística açoriana.

O evento de abertura é reservado para um momento intimista entre o diretor artístico da MiratecArts, Terry Costa, e o escritor Joel Neto, que recebe da associação cultural, com sede na ilha do Pico, o Prémio Atlante. O momento está agendado para as 18h00 (Açores).

“Com mais de uma dúzia de obras publicadas, dezenas de contribuições em antologias e centenas de colaborações em revistas e jornais nacionais e regionais, Joel Neto exemplifica o que é a MiratecArts: alguém que não tem medo de investir na sua paixão. Portanto, é com grande prazer que a MiratecArts apresenta o Prémio Atlante 2020 ao escritor açoriano Joel Neto” explica Terry Costa.

“Joel Neto merece todas estas homenagens, tendo ainda muito para dar à grande literatura portuguesa que agora parte dos Açores.” escreve o crítico e ensaísta literário Vamberto Freitas, ao qual Joel Neto chama de “o mestre”. E muitas mais obras haveremos de ser brindados por Joel Neto, surpresas e sabe-se lá que aventuras diferentes este homem que nasceu no ano da Revolução dos Cravos nos vai presentear – aguardamos.

MiratecArts Prémio Atlante é atribuído pela associação cultural pelo corpo de trabalho de um artista que segue as suas paixões, sem medo de ser diferente.

O Prémio Atlante significa persistência e ousadia no mundo das artes e é da responsabilidade do diretor artístico da MiratecArts, sem data específica de atribuição ou qualquer candidatura da parte dos artistas. Assim, Joel Neto junta-se à lista de ilustres recipientes do Prémio Atlante, que inclui o dramaturgo e encenador Christopher Hampton, o músico Luís Alberto Bettencourt, as artesãs Alzira & Conceição Neves, e a ilustradora cineasta Regina Pessoa.

FONTE: MIRATECARTS

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.