REGIONAL

João Ponte destaca papel das Juntas de Freguesia na manutenção de caminhos agrícolas nos Açores

203views

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas destacou hoje o papel e a ação proativa que as Juntas de Freguesia nos Açores têm tido ao nível da sinalização das necessidades de intervenções e também, na medida das suas possibilidades, na manutenção de caminhos agrícolas, contribuindo, assim, para a melhoria das condições de trabalho dos agricultores no acesso às explorações.

“As Juntas de Freguesia da Achadinha e da Lomba da Maia, ambas na ilha de São Miguel, são dois bons exemplos de entidades com espírito vigilante e proativo, que têm contribuído, na medida das suas possibilidades, para a manutenção dos caminhos agrícolas nos seus territórios”, referiu João Ponte, que esteve reunido separadamente com os presidentes das duas Juntas de Freguesia.

O governante, que foi acompanhado pela Diretora Regional dos Recursos Florestais, Anabela Isidoro e pelo administrador da IROA, S.A, Cláudio Medeiros, salientou que, através da disponibilização de recursos humanos, as Juntas de Freguesias têm conseguido proceder à limpeza e manutenção das vias, mas também sinalizado a necessidade de intervenções, ajudando, assim, o Governo Regional a definir as prioridades nos investimentos.

“Esta relação de proximidade e diálogo permanente entre o Governo dos Açores e as Juntas de Freguesia, à semelhança do que existe com as associações agrícolas, cooperativas e Federação Agrícola dos Açores é essencial para se poder atuar de forma mais célere e conseguir responder aquelas que são as necessidades dos agricultores em termos de caminhos agrícolas e abastecimento de água”, frisou João Ponte.

Este ano, a Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direção Regional dos Recursos Florestais, vai intervir, só no concelho do Nordeste, num conjunto de caminhos rurais e florestais, num investimento superior a 340 mil euros.

Na freguesia da Lomba da Maia, no concelho da Ribeira Grande, o governante visitou o Caminho do Pico das Vacas, que foi recentemente alvo de obras de manutenção por parte da IROA, bem como outros que estão sinalizados para investimentos futuros.

O governante destacou que, tanto a Achadinha como a Lomba da Maia, ambas governadas por autarcas do PSD, são territórios rurais com forte dinâmica no setor agrícola e onde, apesar do grande investimento que tem sido feito em termos de caminhos, abastecimento de água e eletrificação das explorações, é preciso prosseguir uma política de investimento público nestes domínios, que são essenciais para dar maior competitividade ao setor.

João Ponte garantiu ainda que o Governo dos Açores irá continuar a assegurar os recursos humanos necessários ao funcionamento do Posto de Atendimento Agrícola existente na sede da Junta de Freguesia da Lomba da Maia, que, em 2019, foi responsável por cerca de 10 mil movimentos, designadamente emissão de guias de abate, registo de nascimento e morte de animais, entre outros.

GaCS/RM

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.