REGIONAL

FAIAL- Falta de Estratégia e compromisso com a Escola do Mar

439views

Desde a primeira hora que a CDU Faial se manifestou favorável à implementação da Escola do Mar dos Açores na ilha do Faial. Desde logo pela dinâmica que pode criar na economia da ilha, mas também porque consideramos que tem todas as condições para se tornar uma escola de referência na área do mar em todo o país. Posto isto, algumas preocupações que nos foram surgindo com o passar do tempo foram colocadas ao Governo Regional, através de um requerimento pela representação parlamentar do PCP e até hoje ficaram sem resposta.

Inicialmente foi anunciada a abertura para 2019/2020. Cedo se percebeu que assim não seria, depois de reinaugurada em agosto de 2020 foi apenas anunciada a formação para nadadores salvadores que se irá realizar em 2021. Os cursos propriamente ditos, quer de nível secundário, quer de nível superior, estão por anunciar e, a começar algum desses, será já com um ano letivo de atraso. Para a CDU Faial é importantíssimo que o Governo Regional dê um sinal claro de que pretende investir na Escola do Mar, designadamente em recursos humanos, em número e qualidade, que permitam tornar a escola do mar numa verdadeira referência nacional. Infelizmente, a área da educação não tem sido valorizada. É preciso vontade política para investir nesta área, na educação, e nesta ilha. Esta valorização não é o que temos visto nos últimos anos, onde um curso CET da Universidade dos Açores ministrado no Faial teve um fim prematuro, onde uma licenciatura no DOP chegou a ser falada, mas nunca foi uma realidade; onde a Escola Profissional abre sempre menos cursos do que aqueles que pretende e onde a Escola Secundária está limitada a abrir cursos com recurso à prata da casa. A par destas situações, constatamos a dificuldade de ano após ano, fixar professores e formadores que tenham outras áreas de residência. Também aqui é preciso uma aposta forte. Para tal, o anúncio do Governo Regional de aquisição dos prédios da Radio Naval da Horta nos parece bastante positivo, não deixando, no entanto, de nos surpreender, pois essa mesma proposta foi feita pelo PCP há 7 meses no plano e orçamento e mereceu o chumbo da maioria socialista e do CDS-PP. Finalmente, consideramos que a Escola do Mar, a par da vertente ligada ao ensino, deverá destacar-se como entidade com capacidade de certificação profissional, nas mais variadas áreas ligadas ao mar.

É neste contexto que as preocupações da CDU Faial se materializam, sendo necessária a garantia do Governo Regional que a Escola do Mar não será um daqueles casos onde “a montanha pariu um rato”.
Perceber efetivamente a importância do mar, nas suas mais variadas vertentes, é essencial por parte de quem nos governa, de quem toma decisões. É essencial para o desenvolvimento dos Açores e de cada uma das suas ilhas. Para isso acontecer é preciso olhar para além do imediato, para além de cada período de 4 anos. É preciso mais que “navegar à vista”.

CDU/FAIAL/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.