Exército Português conduziu a 9.ª edição do seu exercício Ciber Perseu

Exército Português conduziu a 9.ª edição do seu exercício Ciber Perseu

O Exército conduziu, ao longo da presente semana, a 9.ª edição do seu exercício Ciber Perseu, tendo como objetivo exercitar e avaliar a capacidade do Exército na resposta a incidentes no ciberespaço, perante um cenário de ameaça internacional e nacional, envolvendo ciber ataques, que desencadeie uma escalada da crise.

Através da estrutura existente para a execução do exercício, o Exército possibilita anualmente uma oportunidade de treino de procedimentos, de forma controlada e cooperativa, para várias entidades públicas e privadas, contando este ano com o apoio dos parceiros CyberBit e RedShift, para a disponibilização de sessões em Cyber Range e uma competição “Capture The Flag”.

A edição de 2020 contou com uma forte participação, mais de 70 entidades, decorrendo na sua totalidade em formato não presencial, envolvendo, para além das Forças Armadas e de Forças e Serviços de Segurança nacionais, entidades do setor público e privado, no Continente e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, assim como militares das Forças Armadas de sete países amigos, Argélia, Argentina, Brasil, Chile, Espanha, Itália e Roménia.

EXERCITO/RÁDIOILHÉU