Eurodeputados aprovam o programa de investigação e inovação Horizonte Europa

Eurodeputados aprovam o programa de investigação e inovação Horizonte Europa

Europe's Beating cancer - Research – Visit of ICANS, the Cancer Institute of Strasbourg Europe

O programa, que abrange o período 2021-2027, ajudará os sistemas de saúde da UE a preparar-se para pandemias e contribuirá para a descarbonização, digitalização e inovação da indústria.

O Horizonte Europa garante financiamento a curto e a longo prazo para a investigação e a inovação relacionadas com desafios mundiais, incluindo o combate às alterações climáticas, a digitalização e a pandemia da COVID-19.

O programa reserva o maior orçamento já concedido pela UE à investigação digital e à digitalização, além de mil milhões de euros adicionais garantidos pelo Parlamento para a investigação básica, que serão canalizados através do Conselho Europeu de Investigação (CEI). O programa também irá apoiar pequenas e médias empresas (PMEs) inovadoras, assim como a infraestrutura europeia de investigação.

O Horizonte Europa já é aplicado provisoriamente pela Comissão Europeia desde 1 de janeiro de 2021. Hoje os eurodeputados aprovaram o acordo alcançado com o Conselho sobre o regulamento do programa por 677 votos a favor, 5 contra e 17 abstenções. O programa específico foi aprovado por 661 votos a favor, 5 contra e 33 abstenções.

“Os fundos canalizados através do Horizonte Europa vão preparar a UE para o futuro, apoiando os seus sistemas de saúde, a descarbonização da sua indústria e a inovação nas suas empresas. Apoiarão ainda os investigadores europeus! Um investimento ambicioso na investigação e na inovação irá responder aos desafios futuros”, referiu Dan Nica (S&D, Roménia), relator do regulamento do Horizonte Europa.

“Garantimos um orçamento ambicioso e equilibrado, que apoia fortemente a investigação fundamental e a investigação temática. Pela primeira vez, contamos também com um orçamento específico para as indústrias culturais e criativas europeias. O Horizonte Europa será crucial para a recuperação europeia”, declarou Christian Ehler (PPE, Alemanha), relator do programa específico do Horizonte Europa. “Com este programa, a UE compromete-se ainda juridicamente a defender a liberdade académica em todo o continente”, afirmou.

PE/RÁDIOILHÉU