NACIONAIS

Desmantelamento de organização criminosa dedicada ao tráfico de quantidades massivas de cocaína e ao branqueamento de capitais. Apreendidos cerca de 12 Milhões de Euros.

311views

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, em investigação titulada e dirigida pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), apoiada por outras unidades sediadas em Lisboa e no Porto, participou, nos últimos dias, numa vasta operação policial de cariz internacional, que teve por objetivo principal desarticular uma importante organização criminosa que atuava em vários continentes e que, desde há vários anos, se dedicava à introdução no continente europeu de quantidades massivas de cocaína bem como ao branqueamento dos proventos resultantes daquelas atividades ilícitas.

Nesta operação, que contou com o suporte da Europol nas vertentes da coordenação e da análise de informação, esteve também envolvida a Polícia Federal do Brasil, a Polícia Judiciária Federal da Bélgica (Federale Gerechtelijke Politie, Police Judiciaire Fédérale), o Cuerpo Nacional de Policia de Espanha, a Polícia Nacional da Holanda (Politie), a Polícia da Roménia (Poliția Română) e da Polícia do Dubai (القيادة العامة لشرطة دبي‎).

No passado dia 23, ao início da manhã, foram realizadas em simultâneo no Brasil, Portugal, Espanha, Bélgica e Holanda um total de 179 buscas domiciliárias e não domiciliárias, tendo-se procedido à detenção de 45 suspeitos, 38 dos quais no Brasil, 4 na Bélgica, 1 em Espanha e 2 no Dubai.

Em território nacional, a Polícia Judiciária executou 15 buscas domiciliárias e não domiciliárias tendo procedido à apreensão de um grande volume de documentação, equipamento informático, de telecomunicações e de outros objetos com relevância para as investigações, destacando-se:

– Cerca de 12 milhões de euros em numerário em Portugal;
– 2 imóveis em Portugal com valor estimado de 2,5 milhões de euros;
– Várias contas bancárias cujos saldos ainda não se encontram totalmente contabilizados.

Outros parceiros desta operação procederam apreensão de:

– 2 milhões de reais e 169 000,00 dólares americanos em numerário no Brasil;
– 300.000,00 euros em numerário na Bélgica;
– 163 imóveis no Brasil com valor estimado em mais de 132 milhões de reais;
– 2 imóveis em Portugal com valor estimado de 2,5 milhões de euros;
– 2 imóveis em Espanha com o valor estimado de 4 milhões de euros;
– 37 aeronaves no Brasil;
– 70 viaturas de luxo no Brasil, na Bélgica e em Espanha;
– Ativos financeiros de valor ainda não completamente determinado.

Os elementos disponíveis até ao momento indicam que a organização criminosa agora desmantelada foi responsável pela introdução de pelo menos 45 toneladas de cocaína por ano no continente europeu expedida a partir do Brasil por via marítima.

Esta operação demonstra claramente que só através de uma forte cooperação entre as autoridades dos vários países é possível combater eficazmente este tipo de estruturas criminosas e as suas atividades ilícitas.

GABIC/PJ/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.