Chef Chakall serve 914 paelhas aos profissionais de saúde do Hospital Prof....

Chef Chakall serve 914 paelhas aos profissionais de saúde do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca (Amadora Sintra)

Começou esta segunda-feira a primeira de seis homenagens gastronómicas aos profissionais de saúde feita pelo Chef Chakall e pela empresa Valente Marques, S.A. | Arroz Caçarola.

“Cuidar de quem cuida de nós” vai passar por seis dos principais hospitais portugueses com a missão de criar um momento especial no dia a dia dos profissionais de saúde que continuam a travar uma épica batalha em prol de todos nós.

Neste primeiro dia (15 de março) foi distribuído um almoço de paelha (marisco, frango e vegetariana), pelo “Food Truck Caçarola” para 914 profissionais de saúde do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (Amadora Sintra).

Próximas datas da homenagem gastronómica “Cuidar de quem cuida de nós” sempre das 12h00 às 15h00 :

Dia 19 de março no Hospital de Santa Maria, Lisboa

Dia 20 de março no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, Penafiel

Dia 21 de março no Centro Hospitalar Universitário de São João, Porto

Dia 22 de março no Hospital de Braga, Braga

Dia 23 de março no Hospital de São Sebastião, Santa Maria da Feira

Esta ação de responsabilidade social surge como forma de comemoração dos 50 anos da Valente Marques, S.A. | Arroz Caçarola, num ano onde todos os esforços devem ser direcionados ao momento particular em que vivemos.

Esta ação contou também com o apoio solidário de outras entidades habituadas a colaborar com o Chef Chakall, tais como: a Missão Continente e a Food Trucks Factory / Grupo Verso Move.

A Missão Continente tem apoiado diversas instituições e pessoas vulneráveis através da doação de bens alimentares e higiénicos, tendo até à data distribuído cerca de 2 Milhões de euros para um universo de meio milhão de portugueses.

A Food Trucks Factory, empresa do Grupo Verso Move lançou em abril de 2020 a campanha “Food trucks are safe” onde foram servidas cerca de 12.000 refeições em 18 ações de norte a sul do país a profissionais na linha da frente – médicos, enfermeiros, profissionais do INEM, Bombeiros, Proteção Civil, GNR, PSP e funcionários de limpeza.

BRAIN/RÁDIOILHÉU