REGIONAL

REGIÃO – Rendimento dos produtores de leite quase não sustenta exploração. CDU/Terceira exige medidas de emergência económica e social.

21views

A CDU Terceira, que tem mantido contatos formais e informais com agricultores e tem realizado visitas a algumas explorações, vem tornar pública a sua profunda apreensão e preocupação pela dramática situação que os produtores de leite na ilha Terceira estão a viver, e que a pandemia só veio piorar.

A CDU Terceira sempre alertou para os perigos da liberalização do mercado do leite na União Europeia (fim das quotas leiteiras) e, sempre propôs, ao contrário do PS, do PSD e do CDS/PP, que Portugal evitasse esta medida, pois ela constituiria, como está agora à vista de todos, a ruína de uma produção na qual somos autossuficientes e da indústria transformadora que a ela está associada. Cada vez mais os nossos produtores sofrem das más decisões e vão deixando o sector do leite porque, como os mesmos afirmam, “é muito esforço para o que dinheiro que dá.”.

O aumento dos custos de produção e a contínua desvalorização do preço do leite estão a colocar os produtores de leite à beira da ruína. A revolta e a desilusão crescem no setor pois, como os próprios produtores afirmam: “(…) nós fizemos tudo o que nos pediram para fazer. Investimos, melhorámos o maneio e a qualidade genética, aumentámos a produtividade e a qualidade do leite. Agora abandonam-nos à nossa sorte”.

Assim, a CDU Terceira considera urgente que no plano interno se encontrem soluções para intervir no custo de alguns fatores de produção: medida esta que deve ser concertada com os agricultores, com as Associações Agrícolas e com o Governo Regional.

No plano nacional, é necessário que o Estado português exija junto da Comissão Europeia um tratamento diferenciado para o País, e sobretudo para os Açores, como aliás já aconteceu para alguns países e regiões da União Europeia.
No Parlamento Europeu e na Assembleia da República é exigível aos deputados portugueses do PSD, do PS e do CDS/PP que se juntem aos deputados do PCP na defesa dos interesses do País e da Região, ao invés de continuarem a afirmar que defendem o setor quando se reúnem com os agricultores, e no Parlamento Europeu chumbam as propostas do Grupo Parlamentar do PCP que visam a salvaguarda deste e de outros setores vitais para a economia regional e nacional.

CDU/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.