REGIONAL

Catarina Cabeceiras destaca “dia histórico para a autonomia açoriana”

27views

A deputada Catarina Cabeceiras declarou nesta sexta-feira que “o Grupo Parlamentar do CDS-PP está, com convicção, do lado do XIII Governo da autonomia democrática dos Açores”.

Na sua intervenção final no âmbito do Debate do Programa do XIII Governo Regional, Catarina Cabeceiras salientou que “a composição desta assembleia, de acordo com a vontade do eleitorado, assegurou a abertura do poder legislativo e da nossa governação, a uma nova maioria que tem como denominador comum a alternativa a duas décadas de maioria socialista” e considerou que “este dia histórico, em que o parlamento açoriano viabiliza o Programa do XIII Governo Regional. Marca o começo de um novo tempo da nossa autonomia, que pautará a sua prática pelo sentido do dever, pela ideia do primado do bem comum, por uma ética de serviço e pela procura constante da justiça social”. “Desenganem-se, por isso, aqueles que pensam que o que nos pode separar, poderá, neste percurso, ser maior do que tudo o que nos une”, adiantou a deputada centrista, frisando que “acima de qualquer ideologia, os Açores são o desígnio desta nova maioria parlamentar que procurará a concertação e o consenso em nome do interesse coletivo.”

Nas palavras de Catarina Cabeceiras, “esta é uma maioria forjada na coragem de assumir a governação na maior crise da nossa geração, que diz ‘presente’ quando confrontada por uma herança de desigualdades na distribuição de recursos e oportunidades que teve, como resultado, os últimos lugares da coesão económica e o maior risco de pobreza a nível nacional. Esta é uma maioria que traz consigo um novo paradigma de políticas públicas para os Açores, baseada no rigor e na gestão criteriosa dos nossos recursos económicos e sociais, assumindo o combate que se impõe à pobreza, ao desafio demográfico e ao envelhecimento progressivo das nossas populações, promovendo as necessárias respostas de apoio à infância, à juventude, aos trabalhadores, aos idosos, à pobreza e à exclusão social”.

A deputada do CDS-PP manifestou a aspiração por “uma autonomia capaz de unir esforços e apresentar soluções que promovam um efetivo modelo de desenvolvimento económico e social de todas as ilhas, de forma a assegurar a sustentabilidade demográfica e os recursos necessários ao crescimento da economia através da aposta nas nossas potencialidades estratégicas”, destacando, em especial, “a importância da exploração do nosso mar e dos nossos fundos oceânicos, bem como a proteção dos nossos recursos naturais, atendando às especificidades de cada uma das parcelas do nosso território arquipelágico”. O Grupo Parlamentar do CDS-PP, em consonância com a sua visão humanista e personalista, não esquece o primado da pessoa e a obrigação de proteger quem se encontra em situação de maior fragilidade, pelo que reiterou “o compromisso para com os doentes, para que se sintam protegidos e sejam tratados atempadamente e o compromisso com os idosos, a quem cumpre proporcionar, após uma vida de trabalho e contributo para a comunidade, uma justa e eficaz rede de cuidados”.

CDS/AÇORES/GC/MM/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.