REGIONAL

Câmara De São Roque do Pico investe 600 mil euros na construção de uma incubadora de empresas

116views

O Tribunal de Contas (TC) autorizou a Câmara Municipal de São Roque do Pico a avançar com o projeto de adaptação da antiga ‘Casa dos Médicos’ a Incubadora de Empresas.
A candidatura aos fundos comunitários já se encontrava aprovada pela autoridade gestora do Programa Operacional AÇORES 2020 e com a luz verde do TC estão reunidas todas as condições para o início de um importante projeto para a dinâmica empresarial e económica de São Roque do Pico.

Com um valor aproximado de 600 mil euros, o investimento inserido na política de apoio ao empreendedorismo e desenvolvimento económico local, deverá arrancar o mais tardar no início do próximo mês de julho, uma vez que a consignação da empreitada de execução dos trabalhos previstos ocorrerá provavelmente nessa data, tendo a mesma sido adjudicada à empresa ‘Carlos Manuel Pinho Soares’. A consignação determina o início da contagem do prazo para sua a execução.

“Foi com enorme satisfação que recebemos a informação do TC a conferir o visto ao contrato de empreitada para a reabilitação da antiga ‘Casa dos Médicos’. Com este investimento pretendemos proporcionar condições em termos de espaço e logística para a fixação de novas empresas, fomentando a criação de emprego estável e qualificado”, explica o Presidente da Câmara Municipal de São Roque do Pico, adiantando que a Incubadora, apesar de ser de base local, pode promover o surgimento de empresas na área das novas tecnologias: “Exportar tecnologias é barato e, por isso, esta pode ser uma importante aposta nessa área, seguindo, aliás, os exemplos de uma empresa já sediada no concelho que ganhou dimensão nacional a esse nível”.

O investimento, que deve estar concluído no prazo de 12 meses, pretende deste modo convidar os jovens, que saíram para estudar, a regressar a casa, explorando-se, assim, o seu potencial criativo e inovador. Por isso, Mark Silveira assume que o projeto é um dos mais importantes para o futuro do concelho enquanto catalisador da dinamização económica: “Existem aquelas obras que embelezam os espaços urbanos públicos e que são muito importantes, mas os investimentos vocacionados para as estruturas de acolhimento empresarial são maiores mais valias porque permitem a fixação de empresas e de pessoas com qualificação superior, o que traz em simultâneo dinamização ao setor económico”.

Localizado no centro da vila de São Roque do Pico, o edifício vai sofrer obras que contemplam a reabilitação e remodelação total da antiga estrutura onde habitavam os médicos que vinham residir no concelho, dotando-a com as condições necessárias para promover a fixação de empresas.

O investimento contempla a construção de sete gabinetes de empresas, um auditório, uma sala de exposições, uma sala de reuniões, copa e receção.

FONTE: GC/CMSRP

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.