NACIONAIS

ATUALIDADE | “Quando tudo é digital, a Saúde não pode ser uma exceção”

Secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, durante o lançamento do livro «Transformação Digital da Saúde», Lisboa, 13 dezembro 2021 (Foto: João Bica)
162views

«Quando tudo é digital, a Saúde não pode ser uma exceção», afirmou o Secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, durante o lançamento do livro «Transformação Digital da Saúde», em Lisboa.

 André de Aragão Azevedo disse também que «esta 4ª Revolução Industrial – que se convencionou chamar de revolução digital – distingue-se das anteriores pela combinação de dois fatores até aqui incompatíveis: Escala e Personalização».

 O Secretário de Estado referiu que «pela primeira vez na história – e em resultado do avanço e maturidade tecnológicos – é hoje possível oferecer virtualmente a toda população um serviço de saúde de base tecnológica, que responde simultaneamente à especificidade concreta de cada indivíduo».

André de Aragão Azevedo afirmou que «a análise do potencial de interseção destas duas áreas (Tecnologia e Saúde) é tão relevante para o debate sobre o futuro da Saúde em geral e, concretamente, em Portugal». «Não nos devemos abster de manter a nossa atenção focada nos desafios e nas oportunidades que o nosso sistema de Saúde enfrenta nesta era digital e que este Livro de alguma forma vem responder», acrescentou.

O Secretário de Estado disse ainda que «se há lição a retirar da crise pandémica, que ainda atravessamos, é a da essencialidade do nosso Serviço Nacional de Saúde», pelo que «conjunta e integradamente, temos agora condições únicas para empreender a transformação e as reformas organizacionais e tecnológicas que estão há muito identificadas».  «Temos por isso razões para estar otimistas e para continuarmos a olhar para o nosso sistema de saúde como uma peça basilar do nosso regime democrático», concluiu.

P/GOV/PT/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.