REGIONAL

AÇORES – Deputados Socialistas na República acompanham serviço dos CTT na Região

194views

“O Governo, juntamente com a ANACOM, acompanha de perto a prestação do serviço postal universal pelos CTT e, através desta, fiscaliza o seu cumprimento com o intuito de garantir a prestação de um serviço de qualidade, acessível a todos os portugueses e em todo o território nacional”, garantiu o Ministro das Infraestruturas e Habitação, em resposta às perguntas colocadas pelos deputados do Partido Socialista dos Açores à Assembleia da República, a propósito dos atrasos na entrega por parte dos CTT na Região.

De acordo com Isabel Almeida Rodrigues, Lara Martinho e João Castro, e na resposta agora transmitida, o Ministro afirmou que, de acordo com as informações prestadas pelos CTT, e desde a liberalização do espaço aéreo nos Açores, em 2015, “que tem existido uma dificuldade acrescida no escoamento do tráfego postal para a Região Autónoma dos Açores”, acrescentando ainda, tal como os CTT identificaram, a existência de “algumas restrições ao nível da disponibilidade de espaço de carga para a Região e nos fluxos inter-ilhas”.

“Existem alguns constrangimentos que afetam negativamente os prazos de encaminhamento do correio para esta região, problema este agravado pelo cancelamento de um grande número de voos nos últimos meses atenta a situação excecional provocada pela pandemia COVID-19”, afirmou Pedro Nuno Santos, garantindo aos parlamentares açorianos, o acompanhamento da situação por parte do Governo da República.

O Ministro sublinhou ainda que, de acordo com a informação transmitida pelos CTT, “estão a ser trabalhadas soluções junto das companhias aéreas com vista à mitigação dos atrasos existentes”, referindo por isso que os CTT perspetivam ter muito em breve uma solução para o transporte do tráfego diário, “não só para os destinos Ponta Delgada e Terceira, mas também para o Funchal, colmatando assim as necessidades de transporte aéreo do Continente para as ilhas”. Prevendo-se, numa primeira fase, seja concretizada ligação às ilhas de São Miguel e Terceira, assegurando por esta via conexão interna, às restantes ilhas da região.

Para os deputados do Partido Socialista dos Açores à Assembleia da República, “nesta época natalícia estes constrangimentos agravam-se ainda mais”, situação perante a qual se comprometeram a acompanhar “de muito perto este dossier, por via de se garantir uma efetiva resolução”.

PS/AÇORES/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.