REGIONAL

AÇORES – “Dê Troco a Quem Precisa” a favor da Emergência abem: COVID-19

164views

Este Natal, pelo quarto ano consecutivo, irá decorrer nas Farmácias dos Açores a campanha de angariação de fundos “Dê Troco a Quem Precisa”.

Entre 14 e 22 de dezembro, os portugueses serão convidados a doar o troco das compras realizadas nas farmácias à Emergência abem: COVID-19. Os donativos recolhidos serão integralmente aplicados no acesso a medicamentos, produtos e serviços de saúde a pessoas carenciadas e mais fragilizadas devido à pandemia.

Desde que foi lançada, em março deste ano, a Emergência abem: COVID-19 já apoia mais de 900 portugueses referenciados por entidades parceiras locais como Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Instituições Particulares de Solidariedade Social, Cáritas e Misericórdias.

«A resposta à pandemia impôs uma profunda alteração à nossa vida em sociedade. O impacto económico e social das medidas de prevenção do contágio pela COVID-19 atingiu uma dimensão ainda difícil de calcular, mas é já bem patente o aprofundamento das imensas dificuldades em muitas famílias portuguesas. Foi para apoiar estes nossos concidadãos que criámos a Emergência abem: COVID-19, para que mesmo neste momento de maior fragilidade possam continuar a ter acesso aos medicamentos, produtos e serviços de saúde de que tanto precisam para viver», explica Maria de Belém Roseira, embaixadora da Associação Dignitude. «Antes da pandemia, uma em cada 10 pessoas em Portugal não conseguia comprar os medicamentos de que necessita. Sabemos que estes números são atualmente muito mais elevados. Por isso a campanha “Dê Troco a Quem Precisa” é este ano dedicada a esta iniciativa, pelo que apelamos, uma vez mais, à generosidade de todos», acrescenta.

Além da campanha que irá decorrer nas farmácias aderentes entre 14 e 22 de dezembro, é ainda possível apoiar esta iniciativa a qualquer momento, através de:

– Transferência bancária para o IBAN: PT50 0036 0000 9910 5930 0855 9

– Via MBWAY: 932 440 068

Os doadores podem enviar comprovativo de transferência, nome e NIF para geral@dignitude.org, para que lhes seja enviado o recibo de donativo.

Esta é uma iniciativa apoiada pela Portugal Inovação Social, através de Fundos da União Europeia.

Sobre a Associação Dignitude:

A Associação Dignitude nasceu no dia 4 de novembro de 2015, em Coimbra, onde está sedeada. É uma instituição particular de solidariedade social que tem por missão o desenvolvimento de programas solidários de grande impacto social, que promovam a qualidade de vida e o bem-estar dos portugueses. O abem: Rede Solidária do Medicamento é o primeiro Programa promovido pela Associação Dignitude.

São Associados Promotores a Cáritas Portuguesa, a Plataforma Saúde em Diálogo, a Associação Portuguesa de Indústria Farmacêutica e a Associação Nacional das Farmácias. Através de protocolos institucionais, juntaram-se ao projeto a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, a União das Misericórdias Portuguesas, a Associação de Farmácias de Portugal e a Associação Nacional de Municípios Portugueses.

São Embaixadores Dignitude: António Ramalho Eanes; Francisco Carvalho Guerra; João Gonçalves da Silveira; João Cordeiro; Maria de Belém Roseira.

Sobre o Programa abem:

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento é um projeto inovador, lançado pela Associação Dignitude. Tem como objetivo permitir o acesso, de forma digna, aos medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir, cobrindo, no receituário, o valor não comparticipado pelo Estado.

O abem: assenta numa rede de parcerias que assegura o circuito solidário do medicamento. Qualquer pessoa em situação de carência pode ser referenciada ao programa pelas entidades locais, que vão desde juntas de freguesia e câmaras municipais, a IPSS e outras instituições da área social. Depois de referenciado, o beneficiário tem acesso ao Cartão abem:, bastando apresentá-lo numa farmácia abem: para poder adquirir os medicamentos comparticipados que lhe forem receitados. A despesa realizada é coberta pelo Fundo Solidário, 100% dedicado à co comparticipação de medicamentos dentro do Programa, alimentado por uma campanha permanente de angariação de fundos.

IPMCOM/RÁDIOILHÉU

Mauricio De Jesus
Maurício de Jesus é o editor da Rádio Ilhéu.